Löydetty 927 Tulokset: Davi

  • Saul irritou-se em extremo e desagradou-lhe tal canção. “Dão dez mil a Davi – disse ele – e a mim apenas mil! Só lhe falta a coroa!” (I Samuel 18, 8)

  • E a partir daquele dia, Saul olhou Davi com maus olhos. (I Samuel 18, 9)

  • No dia seguinte, apoderou-se dele o mau espírito de Deus e teve um acesso de delírio em sua casa. Como nos outros dias, Davi pôs-se a tocar a cítara. (I Samuel 18, 10)

  • Saul, que tinha uma lança na mão, arremessou-a contra Davi, dizendo: “Vou cravá-lo na parede!”. Mas Davi se desviou do golpe por duas vezes. (I Samuel 18, 11)

  • Saul temia Davi, porque o Senhor estava com o jovem, ao passo que se tinha retirado de Saul. (I Samuel 18, 12)

  • Afastou-o então de si, estabelecendo-o chefe de mil homens, à frente dos quais Davi empreendia as suas expedições. (I Samuel 18, 13)

  • Saul disse a Davi: “Eis minha filha mais velha, Merob, que eu te darei por mulher, contanto que sejas valoroso e combatas nas guerras do Senhor”. Saul pensava: “Não é bom que o fira a minha mão, mas antes a dos filisteus”. (I Samuel 18, 17)

  • Davi respondeu: “Quem sou eu? E o que é a minha vida ou a família de meu pai em Israel, para que me torne genro do rei?”. (I Samuel 18, 18)

  • Ora, tendo chegado o tempo em que Merob, filha de Saul, devia ser dada a Davi, deram-na em casamento a Adriel, o molatita. (I Samuel 18, 19)

  • Ora, Micol, filha de Saul, amava Davi. E contaram-no a Saul, que se alegrou com isso. (I Samuel 18, 20)

  • “Vou dar-lhe Micol – pensava Saul –, para que ela lhe seja uma armadilha e ele caia na mão dos filisteus.” Saul disse, pois, a Davi pela segunda vez: “Agora vais tornar-te meu genro”. (I Samuel 18, 21)

  • E ordenou aos seus servos que dissessem em segredo a Davi: “O rei afeiçoou-se a ti e todos os seus servos te amam. Torna-te genro do rei”. (I Samuel 18, 22)


“Cuide de estar sempre em estado de graça.” São Padre Pio de Pietrelcina