Fundar 372 Resultados para: irmão

  • E deu em seguida à luz Abel, irmão de Caim. Abel tornou-se pastor de ovelhas e Caim, lavrador. (Gênesis 4, 2)




  • Caim disse então a Abel, seu irmão: “Vamos ao campo”. Logo que chegaram ao campo, Caim atirou-se sobre seu irmão e o matou.* (Gênesis 4, 8)

  • O Senhor disse a Caim: “Onde está teu irmão Abel?”. Caim res­pondeu: “Não sei! Sou porventura eu o guarda de meu irmão?”. (Gênesis 4, 9)

  • O Senhor disse-lhe: “Que fizeste! Eis que a voz do sangue do teu irmão clama por mim desde a terra. (Gênesis 4, 10)

  • De ora em diante, serás maldito e expulso da terra, que abriu sua boca para beber de tua mão o sangue do teu irmão. (Gênesis 4, 11)

  • O nome do seu irmão era Jubal, que foi o pai de todos aqueles que tocam a cítara e os instrumentos de sopro. (Gênesis 4, 21)

  • Eu pedirei conta de vosso sangue, por causa de vossas almas, a todo animal; e ao homem (que matar) o seu irmão, pedirei conta da alma do homem. (Gênesis 9, 5)




  • Nasceram também filhos a Sem, pai de todos os filhos de Héber, e irmão mais velho de Jafé. (Gênesis 10, 21)

  • Tomou Sarai, sua mulher, e Ló, filho de seu irmão, assim como todos os bens que possuíam e os escravos que tinham adquirido em Harã, e partiram para a terra de Canaã. Ali chegando, (Gênesis 12, 5)

  • Levaram também Ló, filho do irmão de Abrão, que morava em Sodoma, com todos os seus bens. (Gênesis 14, 12)

  • Mas alguém que conseguiu fugir veio dar parte do sucedido a Abrão, o hebreu, que vivia nos carvalhos de Mambré, o amor­reu, irmão de Escol e irmão de Aner, aliados de Abrão. (Gênesis 14, 13)

  • Não me disse ele que ela era sua irmã? E ela mesma me disse: É meu irmão. É na simplicidade de meu coração e com as mãos puras que fiz isso’’. (Gênesis 20, 5)




“O Senhor sempre orienta e chama; mas não se quer segui-lo e responder-lhe, pois só se vê os próprios interesses. Às vezes, pelo fato de se ouvir sempre a Sua voz, ninguém mais se apercebe dela; mas o Senhor ilumina e chama. São os homens que se colocam na posição de não conseguir mais escutar.” São Padre Pio de Pietrelcina