1. Cântico das peregrinações. De Davi. Que alegria quando me vieram dizer: “Vamos subir à casa do Senhor...”.*

2. Eis que nossos pés se estacam diante de tuas portas, ó Jerusalém!

3. Jerusalém, cidade tão bem edificada, que forma um tão belo conjunto!

4. Para lá sobem as tribos, as tribos do Senhor, segundo a Lei de Israel, para celebrar o nome do Senhor.

5. Lá se acham os tronos de justiça, os assentos da casa de Davi.

6. Pedi, vós todos, a paz para Jerusalém, e vivam em segurança os que te amam.

7. Reine a paz em teus muros, e a tranquilidade em teus palácios.

8. Por amor de meus irmãos e de meus amigos, pedirei a paz para ti.

9. Por amor da casa do Senhor, nosso Deus, pedirei para ti a felicidade.

Bíblia Ave Maria - Alle Rechte vorbehalten.

121,1. Este poema exprime a alegria e a ingênua admiração dos peregrinos ao chegarem à cidade santa, que se torna, em sentido figurado, o símbolo da Igreja.





“Você deve ter sempre prudência e amor. A prudência tem olhos; o amor tem pernas. O amor, como tem pernas, gostaria de correr a Deus. Mas seu impulso de deslanchar na direção dEle é cego e, algumas vezes, pode tropeçar se não for guiado pela prudência, que tem olhos.” São Padre Pio de Pietrelcina