Encontrados 21 resultados para: Saulo

  • E, tendo-o lançado fora da cidade, o apedrejavam; as testemunhas depuseram os seus vestidos aos pés de um jovem chamado Saulo. (Atos dos Apóstolos 7, 58)

  • Saulo aprovava a morte de Estêvão. Naquele dia levantou-se uma grande perseguição contra a Igreja que estava em Jerusalém, e todos se dispersaram pelas províncias da Judeia e da Samaria, excepto os Apóstolos. (Atos dos Apóstolos 8, 1)

  • Saulo assolava a Igreja, entrando pelas casas, e, tirando com violência homens e mulheres, os fazia meter na prisão. (Atos dos Apóstolos 8, 3)

  • Entretanto Saulo, respirando ainda ameaças e morte contra os discípulos do Senhor, apresentou-se ao sumo sacerdote (Atos dos Apóstolos 9, 1)

  • Caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: "Saulo, Saulo, por que me persegues?" (ver nota) (Atos dos Apóstolos 9, 4)

  • Saulo levantou-se da terra e, tendo os olhos abertos, não via nada. Eles, porém, levando-o pela mão, o conduziram a Damasco. (Atos dos Apóstolos 9, 8)

  • O Senhor disse-lhe: "Levanta-te, vai à rua chamada Direita, e busca em casa de Judas um (homem) de Tarso, chamado Saulo, porque ei-lo que está orando." (Atos dos Apóstolos 9, 11)

  • (Neste mesmo tempo Saulo, em uma visão) viu um homem, chamado Ananias, que entrava e lhe impunha as mãos para recobrar a vista. (Atos dos Apóstolos 9, 12)

  • Foi Ananias e entrou na casa, e, impondo-lhe as mãos, disse: "Irmão Saulo, o Senhor Jesus, que te apareceu no caminho por onde vinhas, enviou-me para que recuperes a vista e fiques cheio do Espírito Santo." (Atos dos Apóstolos 9, 17)

  • Entretanto Saulo muito mais se esforçava e confundia os Judeus que habitavam em Damasco, demonstrando-lhes que Jesus é o Cristo. (Atos dos Apóstolos 9, 22)

  • Porém Saulo foi advertido das suas ciladas. Eles faziam guarda às portas (da cidade), de dia e de noite, para o matarem. (Atos dos Apóstolos 9, 24)

  • (Dali) Barnabé partiu para Tarso, em busca de Saulo; tendo-o encontrado, levou-o a Antioquia. (Atos dos Apóstolos 11, 25)


“Mantenha-se sempre muito unido à Igreja Católica, pois somente ela pode lhe dar a verdadeira paz, porque somente ela possui Jesus Sacramentado que é o verdadeiro príncipe da paz.” São Padre Pio de Pietrelcina