Encontrados 437 resultados para: Boca

  • Agora, pois, serás maldito sobre a terra, que abriu a sua boca, e recebeu da tua mão o sangue de teu irmão. (Gênesis 4, 11)

  • Viu um poço no campo, e, repousando junto dele, três rebanhos de ovelhas, porque dele se dava de beber aos rebanhos. A sua boca estava tapada com uma grande pedra. (Gênesis 29, 2)

  • Era costume (só) tirarem a pedra depois de estarem reunidos todos os rebanhos, e, depois que eles tinham bebido, tornavam-na a colocar sobre a boca do poço. (Gênesis 29, 3)

  • Eles responderam: Não o podemos fazer enquanto não estejam juntas todas as ovelhas, e não tiremos a pedra da boca do poço, para darmos de beber a todos os rebanhos (conjuntamente). (Gênesis 29, 8)

  • Abrindo um deles o saco, para dar de comer ao (seu) jumento na estalagem, vendo o dinheiro, na boca do saco, (Gênesis 42, 27)

  • Dito isto, ao despejar o trigo, cada um deles encontrou na boca do (seu) saco o dinheiro embrulhado; ao verem isto, eles e seu pai ficaram aterrados. (Gênesis 42, 35)

  • depois de os termos comprado, quando chegamos à estalagem, abrimos os nossos sacos e encontramos na boca dos sacos o dinheiro, o qual tornamos a trazer agora no mesmo peso. (Gênesis 43, 21)

  • José ordenou ao despenseiro da sua casa: Enche de trigo os seus sacos, quanto eles podem levar, e põe o dinheiro de cada um na boca do saco. (Gênesis 44, 1)

  • Põe, também, na boca do saco do mais novo a minha taça de prata, e o dinheiro que deu pelo trigo. Assim foi feito. (Gênesis 44, 2)

  • Eis que os vossos olhos e os olhos de meu irmão Benjamim vêem que é a minha boca que vos fala. (Gênesis 45, 12)

  • Ouviu-se e divulgou-se de boca em boca no palácio do rei: Chegaram os irmãos de José. Faraó e todos os seus cortesãos se alegraram com isso. (Gênesis 45, 16)

  • O Senhor disse-lhe; Quem fez a boca do homem? quem formou o mudo e o surdo, o que vê e o que é cego? Não sou eu? (Êxodo 4, 11)


“Quando ofendemos a justiça de Deus, apelamos à Sua misericórdia. Mas se ofendemos a Sua misericórdia, a quem podemos apelar? Ofender o Pai que nos ama e insultar quem nos auxilia é um pecado pelo qual seremos severamente julgados.” São Padre Pio de Pietrelcina