1. Eis a palavra que foi dirigida pelo Senhor a Jeremias, no tempo de Joaquin, filho de Josias, rei de Judá:

2. “Vai procurar a família dos recabitas para falar com eles. Em seguida, tu os conduzirás a uma das salas do templo, onde lhes ofere­cerás vinho para beber”.*

3. Fui, então, à procura de Jezonias, filho de Habsanias, seus irmãos e filhos, e toda a família dos recabitas,

4. e os conduzi ao templo, à sala dos filhos de Joanã, filho de Jegdalias, homem de Deus, perto da sala dos chefes, acima da de Maasias, filho de Selum, guarda do vestíbu­lo.*

5. Coloquei diante deles um vaso cheio de vinho e taças, e lhes disse: “Bebei este vinho!”.

6. Responderam eles, porém: “Não bebemos vinho, pois que Jonadab, filho de Recab, e nosso avô, assim nos prescreveu: Jamais bebereis vinho, vós e vossos filhos.

7. Não construireis casa, não semeareis, não plantareis nem possuireis vinhas, mas habitareis sempre em tendas, a fim de que, por muito tempo, possais viver em uma terra onde permanecereis como estrangeiros.

8. Observamos a ordem de Jonadab, filho de Recab, nosso avô, em todos os pontos: abstemo-nos de vinho em todos os nossos dias, nós, nossas mulheres, nossos filhos e filhas;

9. não construímos casa para habitar nelas, não possuímos vinhas, nem campos de sementeiras,

10. vivendo debaixo de tendas. Assim, em tudo temos obedecido ao que nosso avô Jonadab nos prescreveu.

11. Quando, porém, Nabucodonosor, rei da Babilônia, invadiu a terra, uns aos outros dissemos: Vinde e entremos em Jerusalém, a fim de escapar do exército dos caldeus e da Síria. Eis a razão por que nos encontramos em Jerusalém”.

12. Foi, então, dirigida assim a Jeremias a palavra do Senhor:

13. “Eis o que diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel: Vai e dize ao povo de Judá e aos habitantes de Jerusalém: Não aceitareis a minha admoestação e não obedecereis à minha palavra? – oráculo do Senhor. –

14. São observadas as ordens de Jonadab, filho de Recab, que proibiu a seus filhos beberem vinho. Abstiveram-se de beber, a fim de se conformarem com a ordem de seu pai. E a mim, que não cesso de vos falar, não me escutais.

15. Sem descanso, enviei-vos desde o princípio os profetas, meus servos, para dizer-vos: Desviai-vos do mau caminho e reformai a vossa vida. Não andeis a correr atrás de deuses estranhos para lhes render culto. Ficareis, então, na terra que vos dei, a vós e a vossos pais. Não destes, porém, ouvidos, nem obedecestes.

16. Os filhos de Jonadab, filho de Recab, respeitam as prescrições de seus pais, mas esse povo não me escuta!

17. Eis por que, assim diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel, vou lançar sobre Judá e os habitantes de Jerusalém os flagelos de que os ameacei, porquanto lhes falei e não me escutaram, e quando os chamei não me responderam”.

18. A seguir, disse Jeremias à família dos recabitas: “Eis o que diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel: Já que obedecestes à ordem do vosso pai Jonadab, e observastes tudo o que vos prescreveu,

19. promete-vos o Senhor dos exércitos, Deus de Israel, que a Jonadab, filho de Recab, não faltarão descendentes que se hão de conservar na minha presença”.*

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

35,2. Recabitas: descendentes de Recab (ver 2Rs 10,15), cujo filho, Jonadab, se tornou notado, no tempo de Jeú, pelo zelo particular contra a idolatria. Este Jonadab tinha imposto à sua tribo a obrigação de continuar sem-fim uma existência puramente nômade.

35,4. Homem de Deus: trata-se provavelmente de um profeta.

35,19. Em minha presença: poder-se-ia interpretar essa expressão no sentido de: a meu serviço. Pode, porém, significar simplesmente a perpetuidade dessa família na terra de Israel, isto é, na presença do Senhor.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.



“Nossa Senhora recebeu pela inefável bondade de Jesus a força de suportar até o fim as provações do seu amor. Que você também possa encontrar a força de perseverar com o Senhor até o Calvário!” São Padre Pio de Pietrelcina