1. Entre os cativos que Nabucodonosor, rei da Babilônia, havia deportado para a Babilônia foram os seguintes os habitantes da província que se puseram a caminho para voltar a Jerusalém e à Judeia, cada um para a sua cidade.

2. Voltaram com Zorobabel, Josué, Neemias, Saraías, Rae­laías, Naamani, Mardoqueu, Belsã, Mesfar, Beguai, Reum e Baana. Número dos homens do povo de Israel: 335 filhos de Faros: dois mil cento e setenta e dois; filhos de Safatias: trezentos e setenta e dois; filhos de Area: setecentos e setenta e cinco; filhos de Faat-Moab, descendentes de Josué e de Joab: dois mil oitocentos e doze; filhos de Elam: mil duzentos e cinquenta e quatro; filhos de Zetua: novecentos e quarenta e cinco; filhos de Zacai: setecentos e sessenta; filhos de Bani: seiscentos e quarenta e dois; filhos de Bebai: seiscentos e vinte e três; filhos de Azgad: mil duzentos e vinte e dois; filhos de Adonicam: seissentos e sessenta e seis; filhos de Beguai: dois mil e cinquenta e seis; filhos de Adin: quatrocentos e cinquenta e quatro; filhos de Ater do ramo de Ezequias: 98; filhos de Besai: trezentos e vinte e três; filhos de Jora: cento e doze; filhos de Hasum: duzentos e vinte e três; filhos de Gebar: noventa e cinco; filhos de Belém: cento e vinte e três; os homens de Netofa: cinquenta e seis; os homens de Anatot: cento e vinte e oito; filhos de Bet-Azmot: quarenta e dois; filhos de Cariatarim, de Cafira e de Berot: setecentos e quarenta e três; filhos de Ramá e de Geba: seiscentos e vinte e um; homens de Macmas: cento e vinte e dois; filhos de Betel e de Hai: duzentos e vinte e três; filhos de Nebo: cinquenta e dois; filhos de Megbis: cento e cinquenta e seis; filhos de outro Elam: mil duzentos e cinquenta e quatro; filhos de Harim: trezentos e vinte; filhos de Lod, de Hadid e de Ono: setecentos e vinte e cinco; filhos de Jericó: trezentos e quarenta e cinco; filhos de Senaá: três mil seiscentos e trinta.

39. Sacerdotes: filhos de Jedaías, da casa de Josué: novecentos e setenta e três; filhos de Emer: mil e cinquenta e dois; filhos de Fasur: mil duzentos e quarenta e sete; filhos de Harim: mil e dezesete.

40. Levitas: filhos de Josué e de Cad­miel, descendentes de Odovias: setenta e quatro.

41. Cantores: filhos de Asaf: cento e vinte e oito.

42. Porteiros: filhos de Selum, filhos de Ater, filhos de Telmon, filhos de Acub, filhos de Hatita, filhos de Sobai: ao todo cento e trinta e nove.

43. Natineus: filhos de Sia, filhos de Hasufa, filhos de Tabaot;*

44. filhos de Ceros, filhos de Siá, filhos de Fadon;

45. filhos de Lebana, filhos de Hagaba, filhos de Acub;

46. filhos de Hagab, filhos de Semlai, filhos de Hanã;

47. filhos de Guidel, filhos de Gaer, filhos de Raaías,

48. filhos de Rasin, filhos de Necoda, filhos de Gazam;

49. filhos de Uza, filhos de Fasea, filhos de Besai;

50. filhos de Asena, filhos de Munim, filhos de Nefusim;

51. filhos de Bacbuc, filhos de Hacufa, filhos de Harur,

52. filhos de Baslut, filhos de Maida, filhos de Harsa;

53. filhos de Bercos, filhos de Sísara, filhos de Tema;

54. filhos de Nasias, filhos de Hatifa.

55. Os filhos dos escravos de Salomão: filhos de Sotai, filhos de Soferet, filhos de Feruda;

56. filhos de Jaala, filhos de Darcon, filhos de Guidel; filhos de Safatias,

57. filhos de Hatil, filhos de Foqueret-Asse­baim, filhos de Ami.

58. Total dos natineus e dos filhos dos escravos de Salomão: trezentos e noventa e dois.

59. Eis descritos, também, aqueles que, de Tel-Mela, de Tel-Harsa, de Querub, Adon e de Emer, não se pôde saber se pertenciam ao povo de Israel pela família ou raça de que descendiam:

60. filhos de Dalaías, filhos de Tobias, filhos de Necoda: seiscentos e cinquenta e dois;

61. e entre os sacerdotes: filhos de Habias, filhos de Acos, filhos de Berzelai, que assim foi chamado por ter tomado como esposa uma das filhas de Berzelai, o galaadi­ta.

62. Eles procuraram esclarecer a sua genealogia, mas não a puderam encontrar. Assim, foram excluídos do sacerdócio.

63. O governador proibiu-os de comer das coisas sagradas, até que conseguissem encontrar um sacerdote (qualificado para consultar Deus) pelo urim e tumim.

64. O total do povo reunido era de quarenta e dois mil trezentos e sessenta pessoas,

65. sem contar seus escravos e escravas, em número de sete mil trezentos e trinta e sete. Tinham consigo também duzentos cantores e cantoras.

66. Possuíam setecentos e trinta e seis cavalos, duzentos e quarenta e cinco jumentos,

67. quatrocentos e trinta e cinco camelos e seis mil setecentos e vinte jumentas.

68. Vários chefes de família, chegando ao Templo do Senhor, fizeram ofertas voluntárias para a casa de Deus, a fim de que a mesma fosse restaurada.

69. Contribuíram para os tesouros da obra, cada um segundo suas posses, com sessenta e um mil dáricos de ouro, cinco mil de prata e cem vestes sacerdotais.*

70. Os sacerdotes, os levitas, as pessoas do povo, os cantores, os porteiros e os natineus estabeleceram-se em suas respectivas cidades. Assim, todos os israelitas habitaram cada um em sua localidade.

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

2,43. Natineus: eram descendentes dos prisioneiros de guerra entregues no templo pelos soberanos, ou também, sem dúvida, prisioneiros empregados no serviço do templo, nas mais humildes funções.

2,69. A respeito dessas moedas, ver apêndice, “Medidas e moedas”.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.



“Meu Deus, perdoa-me. Nunca Te ofereci nada na minha vida e, agora, por este pouco que estou sofrendo, em comparação a tudo o que Tu sofreste na Cruz, eu reclamo injustamente!” São Padre Pio de Pietrelcina