1. O Senhor disse a Moisés:

2. “Envia homens para explorar a terra de Canaã, que eu hei de dar aos filhos de Israel. Enviarás um homem de cada tribo patriarcal, tomados todos entre os príncipes.”

3. Enviou-os Moisés do deserto de Farã segundo as ordens do Senhor; todos esses homens eram príncipes em Israel.

4. Eis os seus nomes: da tribo de Rubem, Samua, filho de Zecur;

5. da tribo de Simeão, Safat, filho de Huri;

6. da tribo de Judá, Caleb, filho de Jefoné;

7. da tribo de Issacar, Igal, filho de José;

8. da tribo de Efraim, Oséias, filho de Nun;

9. da tribo de Benjamim, Falti, filho de Rafu;

10. da tribo de Zabulon, Gediel, filho de Sodi;

11. da tribo de José, na tribo de Manassés, Gadi, filho de Susi;

12. da tribo de Dã, Amiel, filho de Gemali;

13. da tribo de Aser, Stur, filho de Miguel;

14. da tribo de Neftali, Naabi, filho de Vapsi;

15. da tribo de Gad, Guel, filho de Maqui.

16. Estes são os nomes dos homens que Moisés enviou como exploradores a Canaã. Moisés deu a Oséias, filho de Nun, o nome de Josué.

17. Enviando-os a explorar a terra de Canaã, Moisés disse-lhes: “Ide pelo Negeb e subi a montanha.

18. Examinai que terra é essa, e o povo que a habita, se é forte ou fraco, pequeno ou numeroso.

19. Vede como é a terra onde habita, se é boa ou má, e como são as suas cidades, se muradas ou sem muros;

20. examinai igualmente se o terreno é fértil ou estéril, e se há árvores ou não. Coragem! E trazei-nos dos frutos da terra.” Era então a época das primeiras uvas.

21. Partiram, pois, e exploraram a terra desde o deserto de Sin até Roob, no caminho de Emat.

22. Subiram ao Negeb e foram a Hebron, onde se encontravam Aquimã, Sisai e Tolmai, filhos de Enac. Hebron fora construída sete anos antes de Tânis, no Egito.

23. Chegaram ao vale de Escol, onde cortaram um ramo de vide com um cacho de uvas, que dois homens levaram numa vara; tomaram também consigo romãs e figos.

24. Chamou-se a esse lugar vale de Escol, por causa do cacho que nele haviam cortado os israelitas.

25. Tendo voltado os exploradores, passados quarenta dias,

26. foram ter com Moisés e Aarão e toda a assembléia dos israelitas em Cades, no deserto de Farã. Diante deles e de toda a multidão relataram a sua expedição e mostraram os frutos da terra.

27. Eis como narraram a Moisés a sua exploração: “Fomos à terra aonde nos enviaste. É verdadeiramente uma terra onde corre leite e mel, como se pode ver por esses frutos.

28. Mas os habitantes dessa terra são robustos, suas cidades grandes e bem muradas; vimos ali até mesmo filhos de Enac.

29. Os amalecitas habitam na terra do Negeb; os hiteus, os jebuseus e os amorreus habitam nas montanhas, e os cananeus habitam junto ao mar e ao longo do Jordão.”

30. Caleb fez calar o povo que começava a murmurar contra Moisés, e disse: “Vamos e apoderemo-nos da terra, porque podemos conquistá-la.”

31. Mas os outros, que tinham ido com ele, diziam: “Não somos capazes de atacar esse povo; é mais forte do que nós.”

32. E diante dos filhos de Israel depreciaram a terra que tinham explorado: “A terra, disseram eles, que exploramos, devora os seus habitantes: os homens que vimos ali são de uma grande estatura;

33. vimos até mesmo gigantes, filhos de Enac, da raça dos gigantes; parecíamos gafanhotos comparados com eles.”

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.



Livros sugeridos


Por que a tentação passada deixa na alma uma certa perturbação? perguntou um penitente a Padre Pio. Ele respondeu: “Você já presenciou um tremor de terra? Quando tudo estremece a sua volta, você também é sacudido; no entanto, não necessariamente fica enterrado nos destroços!” São Padre Pio de Pietrelcina

Newsletter

Receba as novidades, artigos e noticias deste portal.