1. Fizeram entrar a arca do Senhor e a colocaram no meio do pavilhão que para ela Davi tinha levantado e ofereceram a Deus holocaustos e sacrifícios pacíficos.

2. Depois desse oferecimento de holocaus­tos e sacrifícios pacíficos, Davi abençoou o povo em nome do Senhor.

3. Em seguida, distribuiu a todos os israelitas, homens e mulheres, a cada um, um pão, um pedaço de carne e um bolo de uvas secas.

4. Davi colocou diante da arca do Senhor levitas encarregados do serviço, que invocavam, celebravam e louvavam o Senhor, Deus de Israel.

5. Eram eles: Asaf, o chefe; Zacarias, o segundo; em seguida, Oziel, Semiramot, Matatias, Eliab, Banaías, Obed-Edom e Jeiel, munidos de instrumentos musicais, harpa e liras, enquanto que Asaf fazia vibrar os címbalos.

6. Os sacerdotes Banaías e Jaziel tocavam continuamente as trom­betas diante da arca da aliança do Senhor.

7. Foi naquele dia que Davi encarregou Asaf e seus irmãos de celebrar o Senhor:*

8. Celebrai o Senhor, aclamai o seu nome, apregoai entre as nações as suas obras.

9. Cantai-lhe hinos e cânticos, anunciai todas as suas maravilhas.

10. Gloriai-vos do seu santo nome, rejubile o coração dos que buscam o Senhor.

11. Recorrei ao Senhor e ao seu poder, procurai continuamente sua face.

12. Recordai as maravilhas que operou, seus prodígios e os julgamentos por seus lábios proferidos.

13. Ó descendência de Israel, seu servo, ó filhos de Jacó, seus escolhidos!

14. É ele o Senhor, nosso Deus; suas sentenças comandam a terra inteira.

15. Recordai sem cessar sua aliança, a palavra que empenhou a mil gerações,

16. que garantiu a Abraão e jurou a Isaac,

17. e confirmou a Jacó irrevogavelmente e a Israel como aliança eterna,

18. quando disse: “Eu te darei a terra de Canaã, como parte da tua herança”.

19. Quando não passavam de um reduzido número, minoria insignificante e estrangeiros na terra,

20. e andavam errantes de nação em nação, de reino em reino,

21. não permitiu que ninguém os oprimisse e castigou os reis por causa deles:

22. “Não ouseis tocar nos que me são consagrados nem maltratar os meus profetas!”.

23. Cantai ao Senhor, terra inteira, anunciai cada dia a salvação que ele nos trouxe.

24. Proclamai às nações a sua glória, a todos os povos as suas maravilhas!

25. Porque o Senhor é grande e digno de todo o louvor, o único temível de todos os deuses.

26. Porque os deuses dos povos, sejam quais forem, não passam de ídolos; mas foi o Senhor quem criou o céu.

27. Em seu semblante, a majestade e a beleza, em sua morada, o poder e a felicidade.

28. Tributai ao Senhor, famílias dos povos, tributai ao Senhor glória e poder,

29. tributai ao Senhor a glória devida ao seu nome! Trazei oferendas e chegai à sua presença, adorai o Senhor com ornamentos sagrados.

30. Diante dele estremece a terra inteira e não vacila, porque ele a sustém.

31. Alegrem-se o céu e exulte a terra, e confessem as nações: “O Senhor é rei!”.

32. Retumbe o mar e o que ele contém, regozijem-se os campos e tudo o que neles existe.

33. Jubilem as árvores da floresta com a presença do Senhor, pois ele vem para governar a terra.

34. Louvai o Senhor, porque ele é bom, porque a sua misericórdia é eterna.

35. Dizei: “Salvai-nos, Deus de nossa salvação, e recolhei-nos e salvai-nos de entre as nações para que possamos celebrar o vosso santo nome e ter a satisfação de vos louvar”.

36. Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, pelos séculos dos séculos! E todo o povo disse: “Amém!” e “Louvai o Senhor!”.

37. Davi deixou diante da arca da aliança do Senhor a Asaf e seus irmãos, para fazerem continuamente o serviço diante da arca, segundo o seu dever de cada dia;

38. igualmente Obed-Edom, com seus irmãos, em número de sessenta e oito; Obed-Edom, filho de Iditun e Hosa, como porteiros;

39. igualmente o sacerdote Sadoc e os sacerdotes seus irmãos, diante do Tabernáculo do Senhor, no lugar alto de Gabaon,

40. para oferecer holocaustos ao Senhor, dia a dia, pela manhã e pela tarde, sobre o altar dos holocaustos e para cumprir tudo o que está escrito na lei que o Senhor deu a Israel.

41. Com eles estavam Emã, Iditun e os outros que tinham sido escolhidos e designados nominalmente para louvar o Senhor, porque sua misericórdia é eterna.*

42. Tinham consigo trombetas e címbalos para tocar e instrumentos para os cânticos de Deus. Os filhos de Iditun estavam encarregados da porta.*

43. Depois, todo o povo retornou para suas casas; e também Davi voltou para abençoar sua casa.

Bíblia Ave Maria - Tutti i diritti riservati.

16,7. Celebrar: o texto que segue é formado de três fragmentos extraídos, respectivamente, dos Sl 104,1-15; 95 inteiro; 105,1.47s.

16,41. Aclamação litúrgica citada várias vezes no saltério (por exemplo, o refrão do Sl 135).

16,42. É possível que aqui o texto esteja corrompido.




“Jesus e a sua alma devem cultivar a vinha de comum acordo.” São Padre Pio de Pietrelcina