Löydetty 8 Tulokset: ergazomenouV

  • ou diamenousin paranomoi katenanti twn ofqalmwn sou emishsaV pantaV touV ergazomenouV thn anomian (Salmos 5, 6)

  • kai su kurie o qeoV twn dunamewn o qeoV israhl prosceV tou episkeyasqai panta ta eqnh mh oiktirhshV pantaV touV ergazomenouV thn anomian diayalma (Salmos 58, 6)

  • tiV anasthsetai moi epi ponhreuomenouV h tiV sumparasthsetai moi epi ergazomenouV thn anomian (Salmos 93, 16)

  • eiV taV prwiaV apektennon pantaV touV amartwlouV thV ghV tou exoleqreusai ek polewV kuriou pantaV touV ergazomenouV thn anomian (Salmos 100, 8)

  • peteina proV ta omoia autoiV katalusei kai alhqeia proV touV ergazomenouV authn epanhxei (Eclesiástico 27, 9)

  • lewn qhran enedreuei outwV amartia ergazomenouV adika (Eclesiástico 27, 10)

  • kai aiscunh lhmyetai touV ergazomenouV to linon to sciston kai touV ergazomenouV thn busson (Isaías 19, 9)

  • akouomen gar tinaV peripatountaV en umin ataktwV mhden ergazomenouV alla periergazomenouV (II Tessalonicenses 3, 11)


“Pobres e desafortunadas as almas que se envolvem no turbilhão de preocupações deste mundo. Quanto mais amam o mundo, mais suas paixões crescem, mais queimam de desejos, mais se tornam incapazes de atingir seus objetivos. E vêm, então, as inquietações, as impaciências e terríveis sofrimentos profundos, pois seus corações não palpitam com a caridade e o amor. Rezemos por essas almas desafortunadas e miseráveis, para que Jesus, em Sua infinita misericórdia, possa perdoá-las e conduzi-las a Ele.” São Padre Pio de Pietrelcina