1. Cântico das peregrinações. Para os montes levanto os olhos: de onde me virá socorro?*

2. O meu socorro virá do Senhor, criador do céu e da terra.

3. Ele não permitirá que teus pés resvalem; não dormirá aquele que te guarda.

4. Não, não há de dormir, nem adormecer o guarda de Israel.

5. O Senhor é teu guarda, o Senhor é teu abrigo, sempre ao teu lado.

6. De dia, o sol não te fará mal; nem a lua durante a noite.

7. O Senhor te resguardará de todo o mal; ele velará sobre tua alma.

8. O Senhor guardará os teus passos, agora e para todo o sempre.*

Bíblia Ave Maria - Kaikki oikeudet pidätetään.

120,1. A confiança em Deus, aqui expressa, se funda no fato de que Deus habita em Sião, donde ele vela sobre o seu povo.

120,8. Teus passos: literalmente – tua partida e tua chegada.




“Não queremos aceitar o fato de que o sofrimento é necessário para nossa alma e de que a cruz deve ser o nosso pão cotidiano. Assim como o corpo precisa ser nutrido, também a alma precisa da cruz, dia a dia, para purificá-la e desapegá-la das coisas terrenas. Não queremos entender que Deus não quer e não pode salvar-nos nem santificar-nos sem a cruz. Quanto mais Ele chama uma alma a Si, mais a santifica por meio da cruz.” São Padre Pio de Pietrelcina