1. Abraão partiu dali para a parte do meio-dia,habitou entre Cades e Sur, e viveu como peregrino em Gerara.

2. Falando de Sara sua mulher, dizia: é minha irmã. Mandou, pois, Abimelech, rei de Gerara, buscá-la.

3. Mas Deus apareceu de noite em sonhos a Abimelech e disse-lhe: Eis que morrerás por causa da mulher que roubaste, porque ela tem marido.

4. Abimelech, que não a tinha tocado, disse: Senhor, matarás tu assim mesmo um inocente?

5. Porventura não me disse ele: ela é minha irmã? e não me disse ela: ele é meu irmão? Fiz isto na simplicidade do meu coração, e com pureza das minhas mãos.

6. Deus disse-lhe: Sei que procedeste com um coração simples, e, por isso, te preservei de pecar contra mim, e não permiti que a tocasses.

7. Agora, pois, entrega a mulher a seu marido, porque ele é profeta, rogará por ti, e viverás; se, porém, não quiseres restitui-la, sabe que morrerás indubitàvelmente, tu e tudo o que é teu.

8. Abimelech, levantando-se logo, Sendo ainda noite, chamou todos os seus servos, contou-lhes todas estas coisas, e eles ficaram muito atemorizados.

9. Depois Abimelech chamou também Abraão e disse-lhe: que nos fizeste tu? Que mal te fizemos nós para atraires sobre mim e sobre o meu reino um (tão) grande pecado? Fizeste-nos o que não deveras fazer.

10. E, continuando ainda as suas queixas, disse: o que tiveste em vista fazendo isto ?

11. Abraão respondeu-lhe: pensei comigo mesmo: com certeza, nesta terra não há temor de Deus e me matarão por causa de minha mulher.

12. Por outra parte ela é verdadeiramente minha irmã, (como) filha de meu pai, (embora) não (seja) filha de minha mãe, e eu a recebi por mulher.

13. Depois que Deus me tirou da casa de meu pai, eu disse-lhe: faze-me esta graça: em qualquer lugar onde entrarmos, dirás que eu sou teu irmão.

14. Tomou, pois, Abimelech ovelhas e bois, escravos e escravas, deu-os a Abraão, restituiu-lhe Sara, sua mulher,

15. e disse-lhe: esta terra está diante de ti, habita onde te agradar.

16. E disse a Sara: eis que dei mil moedas de prata a teu irmão, e este dinheiro será para ti um véu sobre os olhos, diante de todos os que estiverem contigo: eis-te justificada.

17. E, orando Abraão, Deus sarou Abimelech, sua mulher e suas escravas, que tiveram (novamente) filhos.

18. Com efeito, o Senhor tinha tomado estéreis todas as mulheres da casa de Abimelech, por causa de Sara, mulher de Abraão.





“A maior alegria de um pai é que os filhos se amem, formem um só coração e uma só alma. Não fostes vós que me escolhestes, mas o pai celeste que, na minha primeira missa, me fez ver todos os filhos que me confiava”.(P.e Pio) São Padre Pio de Pietrelcina