Encontrados 327 resultados para: REINO DIVIDIDO

  • Ele estabele­ceu o seu reino primeiramente em Babilônia, Arac, Acad e Calane, na terra de Senaar. (Gênesis 10, 10)

  • Depois, Abimelec chamou Abraão e disse-lhe: ‘‘Que nos fizeste? Em que te ofendi para que nos expusesses, a mim e ao meu reino, ao castigo de um tão grande pecado. Fizeste-me o que não devias fazer’’. (Gênesis 20, 9)

  • mas vós me sereis um reino de sacerdotes e uma nação consagrada. Tais são as palavras que dirás aos israelitas”.* (Êxodo 19, 6)

  • todo animal que tem a unha fendida e o casco dividido, e que rumina. (Levítico 11, 3)

  • e, enfim, como o porco, que tem a unha fendida e o pé dividido, mas não rumina; o tereis por impuro. (Levítico 11, 7)

  • Tereis por impuro todo animal que tenha a unha fendida, mas que não tem o pé dividido e não rumina; se alguém o tocar será imundo. (Levítico 11, 26)

  • Então Moisés deu aos filhos de Gad, aos filhos de Rúben e à meia tribo de Ma­nas­sés, filho de José, o reino de Seon, rei dos amorreus, e o de Og, rei de Basã: a ter­ra, com suas cidades e seus distritos, e as cidades da terra circunvizinha. (Números 32, 33)

  • Tomamos então todas as suas cidades (não houve uma sequer que não caísse em nossas mãos), em número de sessenta, toda a região de Argob, o reino de Og, em Basã. (Deuteronômio 3, 4)

  • todas as cidades da planície, todo o Galaad e todo o Basã, até Salca e Edrai, cidades do reino de Og, em Basã; (Deuteronômio 3, 10)

  • Dei à meia tribo de Manassés o resto de Galaad e todo o Basã, reino de Og: toda a região de Argob, com todo o Basã; e o que se chama a terra dos refaim. (Deuteronômio 3, 13)

  • todo o reino de Og, em Basã, que reinava em Astarot e Edrai, último resto da descendência dos refains. Moisés bateu-os e expulsou-os. (Josué 13, 12)

  • todas as cidades da planície, todo o reino de Seon, rei dos amorreus, de Hesebon, que Moisés havia derrotado com os príncipes de Madiã, Evi, Recém, Sur, Hur e Rebe, tributários de Seon naquela terra. (Josué 13, 21)


“Meu Deus, perdoa-me. Nunca Te ofereci nada na minha vida e, agora, por este pouco que estou sofrendo, em comparação a tudo o que Tu sofreste na Cruz, eu reclamo injustamente!” São Padre Pio de Pietrelcina