Encontrados 883 resultados para: Jerusalém

  • Joab foi a Gessur e trouxe Absalão para Jerusalém. (II Samuel 14, 23)

  • Absalão permaneceu em Jerusalém dois anos, antes de ser admitido à presença do rei. (II Samuel 14, 28)

  • Quando o teu servo estava em Gessur, fez este voto: Se o Senhor me recon­duzir a Jerusalém, irei prestar-lhe culto em Hebron”. (II Samuel 15, 8)

  • Ora, tinham partido de Jerusalém com Absalão duzentos homens, convidados por ele, que o seguiam com simplicidade de coração sem de nada suspeitar. (II Samuel 15, 11)

  • Davi disse então a todos os que estavam com ele em Jerusalém: “Vamos, fujamos, porque não podemos de outro modo escapar a Absalão! Apressai-vos e parti, não suceda que ele nos surpreenda de repente e nos inflija a ruína, passando a cidade a fio de espada”. (II Samuel 15, 14)

  • Sadoc e Abiatar reconduziram, pois, a arca de Deus para Jerusalém e lá ficaram. (II Samuel 15, 29)

  • E Cusai, amigo de Davi, voltou para a cidade, no momento em que Absalão fazia a sua entrada em Jerusalém. (II Samuel 15, 37)

  • O rei perguntou: “Mas onde está o filho do teu senhor?”. “Ficou em Jerusalém – respondeu Siba –, alegando que agora a casa de Israel lhe devolveria o reino de seu pai.” (II Samuel 16, 3)

  • Absalão entrou em Jerusalém com toda a sua tropa de israelitas, acompanhado de Aquitofel. (II Samuel 16, 15)

  • Os enviados de Absalão entraram na casa dessa mulher e disseram: “Onde estão Aquimaás e Jônatas?”. Ela respondeu: “Atravessaram o regato”. Puseram-se a procurar, mas não encontrando ninguém, voltaram para Jerusalém. (II Samuel 17, 20)

  • e disse-lhe: “Que o meu senhor não me impute culpa, nem guarde em seu coração a lembrança do crime que cometeu o teu servo no dia em que o rei, meu senhor, deixou Jerusalém. (II Samuel 19, 20)

  • Quando, pois, chegou de Jerusalém vindo ao encontro do rei, Davi disse-lhe: “Por que não partiste comigo, Mifiboset?”. (II Samuel 19, 26)


“O verdadeiro servo de Deus é aquele que usa a caridade para com seu próximo, que está decidido a fazer a vontade de Deus a todo custo, que vive em profunda humildade e simplicidade”. São Padre Pio de Pietrelcina