Encontrados 39 resultados para: Emat

  • Partiram, pois, e exploraram a terra desde o deserto de Sin até Roob, no caminho de Emat. (Números 13, 21)




  • desde o monte Hor marcareis até a entrada de Emat, terminando em Sedada; (Números 34, 8)

  • a terra dos gebalitas, e todo o Líbano, para o oriente, desde Baal-Gad ao pé do monte Hermon até a entrada de Emat; (Josué 13, 5)

  • Suas fortalezas eram: Assedim, Ser, Emat, Recat, Genesaré, Edema, Arama, Asor, Cedes, Edrai, En-Hasor, Jeron, Mag­dalel, Horém, Bet-Anat e Bet-Sames: deze­nove cidades com suas aldeias. Essa foi a parte da tribo dos filhos de Neftali, segundo suas famílias e tais são suas cidades e suas aldeias. (Josué 19, 39)

  • Da tribo de Neftali, Cedes na Galileia, cidade de refúgio para o homicida e seus arredores, Emat-Dor e seus arredores. Cartã e seus arredores; três cidades. (Josué 21, 32)

  • Eram os cinco príncipes dos filisteus, todos os cananeus, os sidônios, os heveus que habitavam os montes do Líbano, desde a montanha de Baal-Hermon até a entrada de Emat. (Juízes 3, 3)

  • Ouvindo Tou, rei de Emat, que Davi tinha desbaratado o exército de Adade­zer, (II Samuel 8, 9)




  • Tal foi a festa que Salomão celebrou naquele tempo e todo o Israel com ele, tendo concorrido uma imensa assembleia vinda desde Emat até a torrente do Egito, diante do Senhor, nosso Deus, durante duas vezes sete dias, isto é, catorze dias. (I Reis 8, 65)

  • Restabeleceu as fronteiras de Israel desde a entrada de Emat até o mar da Planície, conforme tinha o Senhor anunciado pela boca de seu servo Jonas, filho de Amati, que era natural de Gat-Ofer. (II Reis 14, 25)

  • O restante da história de Jeroboão, seus atos e façanhas guerreiras, o modo como reconquistou Damasco e Emat de Judá para Israel, tudo isso se acha consignado no Livro das Crônicas dos reis de Israel. (II Reis 14, 28)

  • O rei da Assíria mandou vir gente da Babilônia, de Cuta, de Ava, de Emat, de Sefar­vaim e os estabeleceu nas cidades de Samaria no lugar dos israelitas. Estes colonos tomaram posse da Samaria e instalaram-se em suas cidades. (II Reis 17, 24)

  • Os babilônios fizeram uma estátua de Sucot-Benot; os de Cuta, uma de Nergel; os de Emat, uma de Asima; (II Reis 17, 30)




“Mantenha-se sempre muito unido à Igreja Católica, pois somente ela pode lhe dar a verdadeira paz, porque somente ela possui Jesus Sacramentado que é o verdadeiro príncipe da paz.” São Padre Pio de Pietrelcina