1. Levantando-se bem cedo, Josué desfez o acampamento e partiu de Setim com todos os filhos de Israel. Chegados ao Jordão, aí se detiveram antes de atra­vessá-lo.

2. Passados três dias, os oficiais atravessaram pelo meio do acampamento,

3. dando ao povo esta ordem: “Quando virdes a arca da aliança do Senhor, vosso Deus, ser levada pelos sacerdotes, filhos de Levi, deixareis vosso acampamento e vos poreis em marcha, seguindo-a.

4. Haja entre vós e ela uma distância de dois mil côvados aproximadamente. Guardai-vos de vos aproximar dela. Isso para que pos­sais conhecer o caminho por onde deveis ir, porque nunca passastes por ele”.

5. Josué disse ao povo: “Santificai-vos, porque amanhã o Senhor operará no meio de vós coisas maravilhosas”.

6. Depois falou aos sacerdotes: “Tomai a arca da aliança e ide, adiante do povo”. Eles tomaram a arca da aliança e caminharam à testa do povo.

7. O Senhor disse a Josué: “Hoje começarei a exaltar-te diante de todo o Israel, para que saibam que, assim como estive com Moisés, assim estarei contigo.

8. Eis o que ordenarás aos sacerdotes que levam a arca da aliança: ‘Quando chegardes ao Jordão, vos deterei junto às águas do rio’.”

9. Então Josué disse aos israelitas: “Aproximai-vos e ouvi as palavras do Senhor, vosso Deus”.

10. “Por isso, prosseguiu ele, sabereis que o Deus vivo está no meio de vós, e que ele expulsará de diante de vós os cananeus, os hiteus, os heveus, os ferezeus, os gergeseus, os amorreus e os jebuseus.

11. Eis que a arca da aliança do Senhor de toda a terra vai atravessar o Jordão diante de vós.

12. Tomai doze homens, um de cada tribo de Israel.

13. Logo que os sacerdotes que levam a arca do Senhor, o Senhor de toda a terra, tiverem tocado com a planta dos seus pés as águas do Jordão, estas serão cortadas, e as águas que vêm de cima ficarão, amontoando-se.”

14. O povo dobrou suas tendas e dispôs-se a passar o Jordão, tendo diante de si os sacerdotes que marchavam na frente do povo, levando a arca.

15. No momento em que os portadores da arca chegaram ao rio e os sacerdotes mergulharam os seus pés na beira do rio – o Jordão estava transbordante e inundava suas margens durante todo o tempo da ceifa –,

16. as águas que vinham de cima detiveram-se e amontoaram-se em uma grande extensão, até perto de Adam, localidade situada nas proximidades de Sartã; e as águas que desciam para o mar da planície, o mar Salgado, foram completamente separadas. O povo atravessou defronte de Jericó.

17. Os sacerdotes, que levavam a arca da aliança do Senhor, conservaram-se de pé sobre o leito seco do Jordão, enquanto que todo o Israel passava a pé enxuto. E ali permaneceram até que todos passassem para a outra margem.

Bíblia Ave Maria - Wszystkie prawa zastrzeżone.




“Para consolar uma alma na sua dor, mostre todo o bem que ela ainda pode fazer”. São Padre Pio de Pietrelcina