pronađen 435 Rezultati za: viu

  • Deus viu que a luz era boa, e separou a luz das trevas. (Gênesis 1, 4)

  • Deus chamou ao elemento árido terra, e ao ajuntamento das águas mar. E Deus viu que isso era bom. (Gênesis 1, 10)

  • A terra pro­duziu plantas, ervas que contêm semente segundo a sua espécie, e árvores que produzem fruto segundo a sua espécie, contendo o fruto a sua semente. E Deus viu que isso era bom. (Gênesis 1, 12)

  • presidissem o dia e a noite, e separassem a luz das trevas. E Deus viu que isso era bom. (Gênesis 1, 18)

  • Deus criou os monstros mari­nhos e toda a multidão de seres vivos que enchem as águas, segundo a sua espécie, e todas as aves segundo a sua espécie. E Deus viu que isso era bom. (Gênesis 1, 21)

  • Deus fez os animais selvagens segundo a sua espécie, os animais domésticos igualmente, e da mesma forma todos os animais, que se arrastam sobre a terra. E Deus viu que isso era bom. (Gênesis 1, 25)

  • Deus contemplou toda a sua obra, e viu que tudo era muito bom. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o sexto dia. (Gênesis 1, 31)

  • O Senhor viu que a maldade dos homens era grande na terra, e que todos os pensamentos de seu coração estavam continuamente voltados para o mal. (Gênesis 6, 5)

  • Deus olhou para a terra e viu que ela estava corrompida: toda a criatura seguia na ter­ra o caminho da corrupção. (Gênesis 6, 12)

  • No ano seiscentos e um, no pri­mei­ro mês, no primeiro dia do mês, as águas se tinham secado sobre a terra. Noé descobriu o teto da arca, olhou e viu que a superfície do solo estava seca. (Gênesis 8, 13)

  • Ló, levantando os olhos, viu que toda a planície do Jordão era regada de água (o Senhor não tinha ainda destruído Sodoma e Gomorra) como o jardim do Senhor, como a terra do Egito ao lado de Tsoar. (Gênesis 13, 10)

  • Disse ainda mais: “Estás grávida, e vais dar à luz um filho: darás a ele o nome de Ismael, porque o Senhor te ouviu na tua aflição.* (Gênesis 16, 11)


“O temor e a confiança devem dar as mãos e proceder como irmãos. Se nos damos conta de que temos muito temor devemos recorrer à confiança. Se confiamos excessivamente devemos ter um pouco de temor”. São Padre Pio de Pietrelcina