Trouvé 19 Résultats pour: alimentos

  • Se uma filha de sacerdote for casada com um estrangeiro, ela não comerá os alimentos tomados dentre as coisas santas. (Levítico 22, 12)




  • receberá a mesma porção dos alimentos que os outros, independentemente do produto da venda de seu patrimônio.” (Deuteronômio 18, 8)

  • do mesmo modo, de levar aos sacerdotes, nas salas da casa de Deus, as primícias de nossos alimentos, nossas oferendas, assim como dos frutos de todas as árvores, do vinho e do azeite; e de entregar o dízimo de nosso solo aos levitas que estavam encarregados de trans­portá-lo para todas as nossas aglomerações agrícolas. (Neemias 10, 38)

  • embora todos os outros comessem dos alimentos dos pagãos, guardou sua alma pura e jamais contraiu mancha alguma com seus alimentos. (Tobias 1, 12)

  • Numerosos foram os israelitas que tomaram a firme resolução de não comer nada que fosse impuro. Preferiram a morte antes que se manchar com alimentos impuros; (I Macabeus 1, 62)

  • Permito também aos judeus que usem seus próprios alimentos e sigam seus costumes, como outrora. Nenhum deles será molestado por transgressões passadas. (II Macabeus 11, 31)

  • não cobices seus manjares que são alimentos enganosos. (Provérbios 23, 3)




  • O estômago recebe toda espécie de alimentos, mas entre os alimentos um é melhor do que o outro. (Eclesiástico 36, 20)

  • que se instalam nos túmulos, e passam a noite em antros, que comem carne de porco, e guarnecem seus pratos de alimentos imundos. (Isaías 65, 4)

  • É assim” – falou-me o Senhor – “que comerão os israelitas os alimentos impuros por entre as nações onde eu os dispersar.” (Ezequiel 4, 13)

  • Daniel tomou a resolução de não se contaminar com os alimentos do rei e com seu vinho. Pediu ao chefe dos eunucos para deles se abster.* (Daniel 1, 8)

  • Em consequência disso, o dispenseiro retirava os alimentos e o vinho que lhes eram destinados e mandava servir-lhes legumes. (Daniel 1, 16)




O sábio elogia a mulher forte dizendo: os seu dedos manejaram o fuso. A roca é o alvo dos seus desejos. Fie, portanto, cada dia um pouco. Puxe fio a fio até a execução e, infalivelmente, você chegará ao fim. Mas não tenha pressa, pois senão você poderá misturar o fio com os nós e embaraçar tudo.” São Padre Pio de Pietrelcina