1. Todos os que vivem sob o jugo da servidão considerem seus senhores dignos de toda honra, para que não sejam caluniados o nome de Deus e sua doutrina.

2. E os que têm patrões que abraçaram a fé, nem por isso os menosprezem, sob pretexto de serem irmãos. Ao contrário, deverão servi-los ainda melhor, pelo fato de que eles são fiéis amados de Deus e participantes de seus benefícios. Tal deve ser o tema de teus ensinamentos e de tuas exortações.

3. Quem ensina de outra forma e discorda das salutares palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, bem como da doutrina conforme à piedade,

4. é um obcecado pelo orgulho, um ignorante, doentio por questões ociosas e contendas de palavras. Daí se originam a inveja, a discórdia, os insultos, as suspeitas injustas,

5. os vãos conflitos entre homens de coração corrompido e privados da verdade, que só veem na piedade uma fonte de lucro.

6. Sem dúvida, grande fonte de lucro é a piedade, porém quando acompanhada de espírito de des­prendimento.

7. Porque nada trouxe­mos ao mundo, como tampouco nada poderemos levar.

8. Tendo alimento e vestuário, contentemo-nos com isso.

9. Aqueles que ambicionam tornar-se ricos caem nas armadilhas do demônio e em muitos desejos insensatos e nocivos, que precipitam os homens no abismo da ruína e da perdição.

10. Porque a raiz de todos os males é o amor ao dinheiro. Acossados pela cobiça, alguns se desviaram da fé e se enredaram em muitas aflições.

11. Mas tu, ó homem de Deus, foge desses vícios e procura com todo empenho a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão.

12. Combate o bom combate da fé. Conquista a vida eterna, para a qual foste chamado e fizeste aquela nobre profissão de fé perante muitas testemunhas.*

13. Em presença de Deus, que dá a vida a todas as coisas, e de Cristo Jesus, que ante Pôncio Pilatos abertamente testemunhou a verdade,*

14. recomendo-te que guardes o mandamento sem mácula, irrepreensível, até a aparição de nosso Senhor Jesus Cristo,

15. a qual a seu tempo será realizada pelo bem-aventurado e único Soberano, Rei dos reis e Senhor dos senhores,

16. o único que possui a imortalidade e habita em luz inacessível, a quem nenhum homem viu, nem pode ver. A ele, honra e poder eterno! Amém.*

17. Exorta os ricos deste mundo a que não sejam orgulhosos nem ponham sua esperança nas riquezas volúveis, mas em Deus, que nos dá abundantemente todas as coisas para delas fruirmos.

18. Que pratiquem o bem, se enriqueçam de boas obras, sejam generosos, comunicativos,

19. ajuntem um tesouro sólido e excelente para seu futuro, a fim de conquistarem a verdadeira vida.

20. Ó Timóteo, guarda o bem que te foi confiado! Evita as conversas frívolas e mundanas, assim como as contradições de pretensa ciência.*

21. Alguns, por segui-las, se transviaram da fé. A graça esteja convosco.

Bíblia Ave Maria - Tous droits réservés.

6,12. Profissão de fé: sem dúvida no dia do batismo.

6,13. Abertamente testemunhou: “testemunho”, em grego, se exprime pela palavra “martírio”.

6,16. Os versículos 15-16 parecem ser uma citação de antigos textos litúrgicos.

6,20. O bem que te foi confiado: literalmente: – o depósito da fé e da tradição (v. 14).




“Amar significa dar aos outros – especialmente a quem precisa e a quem sofre – o que de melhor temos em nós mesmos e de nós mesmos; e de dá-lo sorridentes e felizes, renunciando ao nosso egoísmo, à nossa alegria, ao nosso prazer e ao nosso orgulho”. São Padre Pio de Pietrelcina