Löydetty 100 Tulokset: Impuro

  • Se alguém tocar, por inadvertência, uma coisa impura, como o cadáver de um animal impuro, de uma fera ou de um réptil impuro, ficará manchado e culpado. (Levítico 5, 2)

  • Quem tocar alguma coisa impura, imundície humana ou animal impuro, ou qualquer outro objeto abominável, e comer, em seguida, da carne do sacrifício pacífico pertencente ao Senhor, será cortado de seu povo.” (Levítico 7, 21)

  • a fim de que estejais sempre em condições de discernir o que é santo do que é profano, o puro do impuro, (Levítico 10, 10)

  • e, enfim, como o porco, que tem a unha fendida e o pé dividido, mas não rumina; o tereis por impuro. (Levítico 11, 7)

  • Tornarei-vos imundos se os tocardes: se alguém tocar os seus cadáveres será impuro até a tarde, (Levítico 11, 24)

  • e aquele que levar os seus cadáveres lavará suas vestes e será impuro até a tarde. (Levítico 11, 25)

  • Tereis por impuro todo animal que tenha a unha fendida, mas que não tem o pé dividido e não rumina; se alguém o tocar será imundo. (Levítico 11, 26)

  • Tereis também por impuros todos os quadrúpedes que andam nas plantas dos pés; se alguém tocar seus cadáveres será impuro até a tarde; (Levítico 11, 27)

  • e aquele que levar os seus cadáveres lavará suas vestes e será impuro até a tarde. Tereis esses animais por impuros. (Levítico 11, 28)

  • Tais são os répteis que tereis por impuros; quem tocar neles, quando mortos, ficará impuro até a tarde. (Levítico 11, 31)

  • Todo objeto sobre o qual caírem os seus cadáveres será impuro: vasos de madeira, vestes, peles, sacos e qualquer outro utensílio. Deve-se passar esse objeto na água e ele ficará imundo até a tarde; depois disso, estará puro. (Levítico 11, 32)

  • Se cair uma parte desses cadáveres num vaso de terra, tudo o que se encontrar nele será impuro, e devereis quebrar esse vaso. (Levítico 11, 33)


“Pobres e desafortunadas as almas que se envolvem no turbilhão de preocupações deste mundo. Quanto mais amam o mundo, mais suas paixões crescem, mais queimam de desejos, mais se tornam incapazes de atingir seus objetivos. E vêm, então, as inquietações, as impaciências e terríveis sofrimentos profundos, pois seus corações não palpitam com a caridade e o amor. Rezemos por essas almas desafortunadas e miseráveis, para que Jesus, em Sua infinita misericórdia, possa perdoá-las e conduzi-las a Ele.” São Padre Pio de Pietrelcina