1. A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:

2. “Filho do homem, volta a tua face para os amonitas e profetiza contra eles.*

3. Dize-lhes: escutai a palavra do Senhor Javé: eis o que diz o Senhor Javé: porque disseste: que bom! Quando da profanação do meu santuário, quando da devastação da terra de Israel, e da deportação da casa de Judá,

4. por isso, vou entregar-te aos filhos do Oriente, que estabelecerão em tua morada os seus acampamentos e plantarão aí as suas tendas. Eles comerão teus frutos, beberão teu leite.*

5. Farei de Rabá um parque de camelos, e da terra dos amonitas, um aprisco de ovelhas; assim sabereis que sou eu o Senhor.

6. Eis o que diz o Senhor Javé: porque bateste palmas e bateste com o pé, e porque manifestaste riso e desdém pela terra de Israel,

7. por isso, vou estender minha mão contra ti, entregar-te à pilhagem das nações, suprimir-te dentre os povos, expulsar-te de tua casa e aniquilar-te. Assim saberás que eu sou o Senhor”.

8. Eis o que diz o Senhor Javé: visto que Moab e Seir dizem: ‘A casa de Judá é igual a todas as demais nações’,*

9. eu vou, eu mesmo, abrir o flanco de Moab, arrebatando suas cidades, todas as cidades do seu território, o ornamento da terra: Bet-Jesimot, Baal-Meon e Cariatarim.

10. Eu o dou, assim como a terra dos amonitas, em possessão aos filhos do Oriente, a fim de que Amon não mais seja mencionado entre as nações.

11. Assim exercerei meu juízo sobre Moab, e ficarão sabendo que eu sou o Senhor.

12. Eis o que diz o Senhor Javé: Já que Edom exerceu sua vingança contra a casa de Judá, e se tornou culpado, tomando vingança,

13. por isso – oráculo do Senhor Javé – vou estender a mão contra Edom, exterminar dele animais e homens, e transformá-lo em um deserto; em seguida, desde Temã até Dadã, tombarão sob o gládio.

14. Exercerei minha vingança contra Edom pela mão de Israel, meu povo, que os tratará segundo o meu furor, e eles saberão o que vale minha vingança – oráculo do Senhor Javé.

15. Eis o que diz o Senhor Javé: já que os filisteus exerceram vingança, usaram de cruéis represálias, com o coração cheio de desprezo, e em seu ódio inveterado procuraram destruir tudo,

16. por isso – oráculo do Senhor Javé – estenderei a mão sobre eles, exterminarei os cretenses, e farei perecer o que resta do litoral; exercerei sobre eles uma vingança terrível, furiosos castigos; e, quando eu executar sobre eles a minha vingança, saberão que eu sou o Senhor”.*

Bíblia Ave Maria - Kaikki oikeudet pidätetään.

25,2. Contra os amonitas: esta tribo, primeiramente aliada a Judá contra os caldeus, se voltara depois contra eles, após a queda de Jerusalém.

25,4. Filhos do Oriente: os árabes nômades.

25,8. Seir: sinônimo de Edom. A palavra não está aqui em seu lugar, porque haverá mais adiante um oráculo especial contra os edomitas.

25,16. Os cretenses: filisteus e cretenses tinham a mesma origem.




“Não se aflija a ponto de perder a paz interior. Reze com perseverança, com confiança, com calma e serenidade.” São Padre Pio de Pietrelcina