Found 45 Results for: conheceis

  • “Conheceis porventura Labão, filho de Nacor?” “Sim.” (Gênesis 29, 5)

  • Não oprimirás o estrangeiro, pois conheceis o que sente o estrangeiro, vós que o fostes no Egito. (Êxodo 23, 9)

  • Maldição, se não obedecerdes aos mandamentos do Senhor, vosso Deus, e vos apartardes do caminho que hoje vos mostro, para seguintes deuses estranhos que não conheceis. (Deuteronômio 11, 28)

  • alguns malvados saíram do meio de vós e seduziram os habitantes de sua cidade, dizendo: vamos servir outros deuses - deuses que vós não conheceis, (Deuteronômio 13, 13)

  • Sabeis de que modo habitamos na terra do Egito, e conheceis nossas peregrinações entre os povos por entre os quais passasses; (Deuteronômio 29, 16)

  • Que poderia acrescentar ainda Davi? Vós conheceis o vosso servo, Senhor Javé. (II Samuel 7, 20)

  • ouvi-os desde vossa morada no alto dos céus, e perdoai-lhes. Fazei de modo a dar a cada um segundo o que fez, vós que conheceis o seu coração, porque só vós conheceis o coração de todos os filhos dos homens; (I Reis 8, 39)

  • Quando Jeú voltou para junto dos oficiais de seu soberano, estes perguntaram-lhe: Tudo vai bem? Por que te veio ver esse louco? Ele respondeu-lhes: Vós bem conheceis esse homem, e a sua maneira de falar. (II Reis 9, 11)

  • Que mais poder-vos-ia dizer Davi sobre a honra que fazeis ao vosso servo? Vós conheceis o vosso servo. (I Crônicas 17, 18)

  • escutai-o do alto dos céus, de vossa morada, e perdoai, concedendo a cada um o que merece, vós que conheceis seu coração, pois só vós conheceis o coração do homem. (II Crônicas 6, 30)

  • Raguel prosseguiu: Conheceis porventura o meu primo Tobit? Certamente, responderam. (Tobias 7, 4)

  • Conheceis tudo e sabeis que não foi nem por espírito de soberba, nem por presunção, nem por vanglória que recusei prostrar-me diante do orgulhoso Amã. (Ester 13, 12)

“Dirás tu o mais belo dos credos quando houver noite em redor de ti, na hora do sacrifício, na dor, no supremo esforço duma vontade inquebrantável para o bem. Este credo é como um relâmpago que rasga a escuridão de teu espírito e no seu brilho te eleva a Deus”. São Padre Pio de Pietrelcina