1. No primeiro dia do segundo mês, do segundo ano depois da saída do Egito, o Senhor disse a Moisés no deserto do Sinai, na tenda de reunião:

2. “Fazei o recenseamento de toda a assembleia dos filhos de Israel, segundo suas famílias, suas casas patriarcais, contando nominalmente por cabeça todos os varões da idade de vinte anos para cima,

3. todos os israelitas aptos para o serviço das armas. Tu e Aarão fareis o recenseamento, segundo os seus grupos.

4. Tereis como assistente um homem de cada tribo, um chefe da casa de seu pai.

5. Eis os nomes daqueles que vos deverão acompanhar: de Rúben, Elisur, filho de Sedeur;

6. de Simeão, Salamiel, filho de Surisa­dai;

7. de Judá, Naasson, filho de Abinadab;

8. de Issacar, Natanael, filho de Suar;

9. de Zabulon, Eliab, filho de Helon;

10. dos filhos de José: de Efraim, Elisama, filho de Amiud; de Manassés, Gamaliel, filho de Fadassur;

11. de Benjamim, Abidã, filho de Gedeão;

12. de Dã, Aiezer, filho de Amisadai;

13. de Aser, Fegiel, filho de Ocrã;

14. de Gad, Eliasaf, filho de Reuel;

15. de Neftali, Aíra, filho de Enã”.

16. Tais são os que foram escolhidos pela assembleia. Eram os príncipes de suas tribos patriarcais, chefes de milhares em Israel.

17. Depois de se terem ajuntado esses homens designados pelos seus nomes, Moisés e Aarão

18. convocaram toda a assembleia no primeiro dia do segundo mês. Efetuaram o recenseamento por clãs e famílias, contando nome por nome as pessoas da idade de vinte anos para cima,

19. assim como o Senhor tinha ordenado a Moisés. Fez-se, pois, o recenseamento no deserto do Sinai.

20. Dos filhos de Rúben, primogênito de Israel, seus descendentes segundo suas famílias e suas casas patriarcais, contando seus nomes por cabeça, todos os varões da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos para o serviço das armas –,

21. foram recenseados quarenta e seis mil e quinhentos na tribo de Rúben.

22. Dos filhos de Simeão, seus descendentes segundo suas famílias e suas casas patriarcais, contando seus nomes da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos para o serviço das armas –,

23. foram recenseados cinquenta e nove mil e trezentos na tribo de Simeão.

24. Dos filhos de Gad, seus descendentes segundo suas famílias e suas casas patriarcais, contando seus nomes da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos para o serviço das armas –,

25. foram recenseados quarenta e cinco mil seiscentos e cinquenta na tribo de Gad.

26. Dos filhos de Judá, seus descendentes segundo suas famílias e suas casas patriarcais, contando seus nomes da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos­ para o serviço das armas –,

27. foram recenseados setenta e quatro mil e seiscentos na tribo de Judá.

28. Dos filhos de Issacar, seus descendentes segundo suas famílias e suas casas patriarcais, contando seus nomes da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos para o serviço das armas –,

29. foram recenseados cinquenta e quatro mil e quatrocentos na tribo de Issacar.

30. Dos filhos de Zabulon, seus descendentes segundo suas famílias e suas casas patriarcais, contando seus nomes da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos para o serviço das armas –,

31. foram recenseados cinquenta e sete mil e quatrocentos na tribo de Zabulon.

32. Entre os filhos de José, os filhos de Efraim, seus descendentes segundo suas famílias e suas casas patriarcais, contando seus nomes da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos para o serviço das armas –,

33. foram recenseados quarenta mil e quinhentos na tribo de Efraim.

34. Dos filhos de Manassés, seus descendentes segundo suas famílias e suas casas patriarcais, contando seus nomes da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos para o serviço das armas –,

35. foram recenseados trinta e dois mil e duzentos na tribo de Manassés.

36. Dos filhos de Benjamim, seus descendentes segundo suas famílias e suas casas patriarcais, contando seus nomes da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos para o serviço das armas –,

37. foram recenseados trinta e cinco mil e quatrocentos na tribo de Benjamim.

38. Dos filhos de Dã, seus descendentes segundo suas famílias e suas casas patriarcais, contando seus nomes da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos­ para o serviço das armas –,

39. foram recenseados sessenta e dois mil e setecentos na tribo de Dã.

40. Dos filhos de Aser, seus descendentes segundo suas famílias e suas casas patriarcais, contando seus nomes da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos­ para o serviço das armas –,

41. foram recenseados quarenta e um mil e quinhentos na tribo de Aser.

42. Dos filhos de Neftali, seus descendentes segundo suas famílias e suas casas patriarcais, contando seus nomes da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos para o serviço das armas –,

43. foram recenseados cinquenta e tres mil e quatrocentos na tribo de Neftali.

44. Esses são os que foram recenseados por Moisés e Aarão com os príncipes de Israel, em número de doze, um homem de cada casa patriarcal.

45. Os israelitas recensea­dos por famílias, da idade de vinte anos para cima – todos os que eram aptos para o serviço das armas –,

46. somaram o total de seiscentos e tres mil quinhentos e cinquenta.

47. Quanto aos levitas, porém, não foram contados com os demais, segundo suas tribos patriarcais.

48. O Senhor tinha dito, com efeito, a Moisés:

49. “Não farás o recenseamento da tribo de Levi, nem porás a soma deles com os filhos de Israel.

50. Confia-lhes o cuidado do taber­náculo do testemunho, de todos os seus utensílios e de tudo o que lhe pertence. Levarão o tabernáculo e todos os seus utensílios, farão o seu serviço e acamparão em volta do tabernáculo.

51. Quando se tiver de partir, os levitas desmontarão o tabernáculo e o levantarão quando se tiver de acampar. O estrangeiro que se aproximar dele será punido de morte.

52. Os israelitas acamparão cada um em seu respectivo acampamento e cada um perto de sua bandeira, segundo suas turmas.

53. Quanto aos levitas, porém, acamparão em torno do tabernáculo do testemunho, para que não suceda explodir a minha cólera contra a assembleia dos israelitas; ademais, os levitas terão a guarda do tabernáculo do testemunho”.

54. Os israelitas fizeram tudo o que o Senhor tinha ordenado a Moisés. Assim o fizeram.

Bíblia Ave Maria - All rights reserved.




“No juízo final daremos contas a Deus até de uma palavra inútil que tenhamos dito.” São Padre Pio de Pietrelcina