Encontrados 1017 resultados para: vida eterna consiste em que conheÁam

  • E a todos os animais da terra, a todas as aves do c√©u, a tudo o que se arrasta sobre a terra, e em que haja sopro de vida, eu dou toda a erva verde por alimento‚ÄĚ. E assim se fez. (G√™nesis 1, 30)

  • O Senhor Deus formou, pois, o homem do barro da terra, e inspirou-lhe nas narinas o sopro da vida e o homem se tornou um ser vivente.* (G√™nesis 2, 7)

  • O Senhor Deus fez brotar da terra toda a sorte de √°rvores de aspecto agrad√°vel, e de frutos bons para comer; e a √°rvore da vida no meio do jardim, e a √°rvore da ci√™ncia do bem e do mal. (G√™nesis 2, 9)

  • Ent√£o o Senhor Deus disse √† serpente: ‚ÄúPorque fizeste isso, ser√°s maldita entre todos os animais dom√©sticos e feras do campo; andar√°s de rastos sobre o teu ventre e comer√°s o p√≥ todos os dias de tua vida. (G√™nesis 3, 14)

  • E disse em seguida ao homem: ‚ÄúPorque ouviste a voz de tua mulher e comeste do fruto da √°rvore que eu te havia proibido comer, maldita seja a terra por tua causa. Tirar√°s dela com trabalhos penosos o teu sustento todos os dias de tua vida. (G√™nesis 3, 17)

  • E o Senhor Deus disse: ‚ÄúEis que o homem se tornou como um de n√≥s, conhecedor do bem e do mal. Agora, pois, cuidemos que ele n√£o estenda a sua m√£o e tome tamb√©m do fruto da √°rvore da vida, e o coma, e viva eternamente‚ÄĚ. (G√™nesis 3, 22)

  • E expulsou-o; e colocou ao oriente do jardim do √Čden querubins armados de uma espada flamejante, para guardar o caminho da √°rvore da vida. (G√™nesis 3, 24)

  • A dura√ß√£o total da vida de Set foi de novecentos e doze anos; e depois disso morreu. (G√™nesis 5, 8)

  • E o tempo da vida de En√≥s foi de novecentos e cinco anos; e morreu. (G√™nesis 5, 11)

  • Todo o tempo da vida de Cain√£ foi de novecentos e dez anos; e morreu. (G√™nesis 5, 14)

  • Todo o tempo da vida de Malaleel foi de oitocentos e noventa e cinco anos; e morreu. (G√™nesis 5, 17)

  • Todo o tempo da vida de Jared foi de novecentos e sessenta e dois anos; e morreu. (G√™nesis 5, 20)


‚ÄúTenhamos sempre horror ao pecado mortal e nunca deixemos de caminhar na estrada da santa eternidade.‚ÄĚ S√£o Padre Pio de Pietrelcina