Encontrados 20 resultados para: dedicação

  • Os príncipes apresentaram sua oferta para a dedicação do altar no dia em que ele foi ungido, e trouxeram-na diante do altar. (Números 7, 10)




  • O Senhor disse a Moisés: “Os príncipes ofereçam, cada um em seu dia, a sua oferta para a dedicação do altar”. (Números 7, 11)

  • Estes foram os presentes que os príncipes de Israel ofereceram para a dedicação do altar no dia em que foi ungido: doze pratos de prata, doze bacias de prata e doze taças de ouro. (Números 7, 84)

  • O total de animais para o sacrifício pacífico era de vinte e quatro bois, sessenta carneiros, sessenta bodes e sessenta cordeiros de um ano. Esses foram os presentes oferecidos para a dedicação do altar depois de ungido. (Números 7, 88)

  • Salomão imolou, para o sacrifício pacífico que ofereceu ao Senhor, vinte e dois mil bois e cento e vinte mil ovelhas. Assim, o rei e todos os israelitas fizeram a dedicação do Templo do Senhor. (I Reis 8, 63)

  • Salomão imolou vinte e dois mil touros e cento e vinte mil ovelhas. Foi desse modo que o rei e o povo fizeram a dedicação do Templo de Deus. (II Crônicas 7, 5)

  • No oitavo dia, realizou-se a assembleia solene, pois tinham celebrado a dedicação do altar, assim como a festa, durante sete dias. (II Crônicas 7, 9)




  • Os israelitas, os sacerdotes, os levitas e os demais repatriados celebraram com júbilo a dedicação dessa casa de Deus. (Esdras 6, 16)

  • Ofereceram, por ocasião dessa dedicação, cem touros, duzentos carneiros, mil e quatrocentos cordeiros e doze bodes como vítimas pelos pecados de todo o Israel, segundo o número das tribos de Israel. (Esdras 6, 17)

  • Por ocasião da inauguração das muralhas de Jerusalém, convocaram-se os levitas de todos os lugares onde habitavam, para que viessem a Jerusalém celebrar alegremente tal dedicação com hinos e cân­ticos, ao som de címbalos, cítaras e harpas. (Neemias 12, 27)

  • Salmo. Cântico para a dedicação da casa de Deus. De Davi.* (Salmos 29, 1)

  • Prolongaram por oito dias a dedicação do altar, oferecendo com alegria holocaustos e sacrifícios de ação de graças e de louvor.* (I Macabeus 4, 56)




“Quando ofendemos a justiça de Deus, apelamos à Sua misericórdia. Mas se ofendemos a Sua misericórdia, a quem podemos apelar? Ofender o Pai que nos ama e insultar quem nos auxilia é um pecado pelo qual seremos severamente julgados.” São Padre Pio de Pietrelcina