Encontrados 10 resultados para: concupiscência

  • Chamou-se àquele lugar Quibrot-Hataava (sepulcros da concupiscência, porque ali sepultou-se o povo que se deixara dominar pelo desejo desordenado.* (Números 11, 34)




  • Entregaram-se à concupiscência no deserto, e tentaram a Deus na solidão. (Salmos 105, 14)

  • Mas, havendo ambos retrocedido, encontraram-se novamente no mesmo lugar. Perguntando um ao outro qual o motivo de sua volta, confessaram-se sua concupiscência. Combinaram, então, um encontro onde a pudessem surpreender sozinha. (Daniel 13, 14)

  • Afastaram o homem. Daniel mandou vir o outro e disse-lhe: “Filho de Canaã! Tu não és judeu: foi a beleza que te seduziu, e a concupiscência que te perverteu. (Daniel 13, 56)

  • Que diremos, então? Que a Lei é pecado? De modo algum. Mas eu não conheci o pecado senão pela Lei. Porque não teria ideia da concupiscência, se a Lei não dissesse: Não cobiçarás (Ex 20,17). (Romanos 7, 7)

    Ex 20,17).">
  • Também nós todos éramos deste número quando outro­ra vivíamos nos desejos carnais, fazendo a vontade da carne e da concupiscência. Éramos como os outros, por natureza, verdadeiros objetos da ira (divina).* (Efésios 2, 3)

  • Cada um é tentado pela sua própria concupiscência, que o atrai e alicia. (São Tiago 1, 14)




  • A concupiscência, depois de conceber, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte. (São Tiago 1, 15)

  • Por elas, temos entrado na posse das maiores e mais preciosas promessas, a fim de tornar-vos por esse meio participantes da natureza divina, subtraindo-vos à cor­rupção que a concupiscência gerou no mundo. (II São Pedro 1, 4)

  • Porque tudo o que há no mundo – a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida – não procede do Pai, mas do mundo.* (I São João 2, 16)

“Há duas razões principais para se orar com muita satisfação: primeiro para render a Deus a honra e a glória que Lhe são devidas. Segundo, para falar com São Padre Pio de Pietrelcina