Encontrados 190 resultados para: campo

  • Caim disse então a Abel, seu irmão: “Vamos ao campo.” Logo que chegaram ao campo, Caim atirou-se sobre seu irmão e matou-o. (Gênesis 4, 8)

  • e, dirigindo-se a Efrom, diante de todos, disse: “Rogo-te que me ouças: eu te dou o preço do campo; aceita-o de minhas mãos, e assim enterrarei nele minha defunta.” (Gênesis 23, 13)

  • Uma tarde em que saíra para meditar no campo, levantando os olhos, viu alguns camelos que se aproximavam. (Gênesis 24, 63)

  • Ela disse ao servo de Abraão: “Quem é aquele homem que vem ao nosso encontro no campo?” “É o meu senhor”, respondeu ele. E ela tomou depressa o véu e cobriu-se. (Gênesis 24, 65)

  • Os meninos cresceram. Esaú tornou-se um hábil caçador, um homem do campo, enquanto Jacó era um homem pacífico, que morava na tenda. (Gênesis 25, 27)

  • Um dia em que Jacó preparava um guisado, voltando Esaú fatigado do campo, (Gênesis 25, 29)

  • Toma as tuas armas, tua aljava e teu arco, vai ao campo e mata-me uma caça. (Gênesis 27, 3)

  • (Ora, Rebeca ouviu atentamente enquanto Isaac falava ao seu filho Esaú.) E Esaú partiu para o campo, a fim de matar e trazer a caça. (Gênesis 27, 5)

  • E, aproximando-se Jacó para lhe dar um beijo, Isaac sentiu o perfume de suas vestes, e o abençoou nestes termos. “Sim. o odor de meu filho é como o odor de um campo que o Senhor abençoou. (Gênesis 27, 27)

  • Olhando em torno de si, viu no campo um poço junto do qual estavam deitados três rebanhos de ovelhas. Este poço servia de bebedouro para os rebanhos. Mas, sendo grande a pedra que cobria a abertura do poço (Gênesis 29, 2)

  • Um dia, por ocasião da ceifa, Rubem saiu ao campo e, tendo encontrado umas mandrágoras, levou-as à sua mãe Lia. Raquel disse a Lia: “Rogo-te que me dês as mandrágoras do teu filho.” (Gênesis 30, 14)

  • À noite, quando Jacó voltou do campo, Lia saiu-lhe ao encontro: “Vem comigo, disse-lhe ela, eu te aluguei em troca das mandrágoras do meu filho.” E Jacó dormiu com ela aquela noite. (Gênesis 30, 16)

“O Anjo de Deus não nos abandona jamais.” São Padre Pio de Pietrelcina