Encontrados 18 resultados para: arrogância

  • Zebul disse-lhe então: “Onde está agora a tua arrogância, tu que dizias: ‘Quem é Abimelec para que nós o sirvamos?’. Eis o povo que tu desprezavas! Vai agora e combate contra ele!”. (Juízes 9, 38)




  • Operastes milagres e prodígios contra o faraó, contra todos os seus servos e todo o povo de sua terra, porque sabíeis que haviam tratado com arrogância os nossos pais; e adquiristes um renome que perdura até os nossos dias. (Neemias 9, 10)

  • Vós os conjurastes a voltar à vossa Lei, mas eles, em sua arrogância, desobedeciam aos teus mandamentos, transgrediam vossas ordens, que dão a vida ao homem que as observa. Nada mais mostraram que ombros rebeldes, cerviz altiva e ouvidos surdos. (Neemias 9, 29)

  • (4) Em sua arrogância, o ímpio diz: “Não há castigo, Deus não existe”. É tudo e só o que ele pensa. (Salmos 9, 25)

  • Fazei calar os lábios mentirosos que falam contra o justo com insolência, desprezo e arrogância. (Salmos 30, 19)

  • Vi o ímpio cheio de arrogância, a expandir-se com um cedro frondoso. (Salmos 36, 35)

  • Cada palavra de seus lábios é um pecado. Que eles, surpreendidos em sua arrogância, sejam as vítimas de suas próprias calúnias e maldições. (Salmos 58, 13)




  • Eles se adornam com um colar de orgulho, e se cobrem com um manto de arrogância. (Salmos 72, 6)

  • Entrou com arrogância no santuário, tomou o altar de ouro, o candelabro da luz com todos os seus acessórios, (I Macabeus 1, 21)

  • Todavia, em nada desistiu da sua arrogância. Pelo contrário, sempre cheio de soberba, exalava contra os judeus o fogo de sua cólera e ordenava que se apressasse a caminhada. Repentinamente, caiu da carroça, arrancado pela violência da corrida. Na queda fatal, quebrou todos os membros. (II Macabeus 9, 7)

  • O temor do Senhor é o ódio ao mal. Orgulho, arrogância, caminho perverso, boca mentirosa: eis o que eu detesto. (Provérbios 8, 13)

  • O que ganhamos com nosso orgulho, e que nos trouxe a riqueza unida à arrogância? (Sabedoria 5, 8)




“Todas as percepções humanas, de onde quer que venham, incluem o bem e o mal. É necessário saber determinar e assimilar todo o bem e oferecê-lo a Deus, e eliminar todo o mal.” São Padre Pio de Pietrelcina