Encontrados 13 resultados para: Arcos

  • De Benja­mim: o valoroso Eliada, com duzentos mil homens providos de arcos e de escudos; (II Crônicas 17, 17)

  • A todo esse exército Ozias fornecia escudos, lanças, capacetes, couraças, arcos e pedras de funda. (II Crônicas 26, 14)

  • Coloquei, pois, como anteparo, por detrás das muralhas, nos pontos descobertos, o povo dividido em famílias, com as suas espadas, lanças e arcos. (Neemias 4, 7)

  • Mas, depois daquele dia, a metade dos homens trabalhava na construção, enquanto a outra metade estava armada de lanças, escudos, arcos e couraças; e os chefes estavam atrás deles com toda a gente de Judá. (Neemias 4, 10)

  • Sua espada, porém, lhes traspassará o coração, e seus arcos serão partidos. (Salmos 36, 15)

  • Reprimiu as guerras em toda a extensão da terra; partiu os arcos, quebrou as lanças, queimou os escudos. (Salmos 45, 10)

  • Agudas são as suas flechas e todos os seus arcos, entesados. Os cascos de seus cavalos são duros como a pederneira, e as rodas de seus carros assemelham-se à tempestade. (Isaías 5, 28)

  • Ali só se entrará com setas e arcos, porque toda aquela terra estará coberta de sarças e espinhos. Não se voltará mais aos montes que eram cultivados à enxada, por causa das sarças e dos espi­nhos; será permitido aos bois pastá-los e serão pisados pelos carneiros. (Isaías 7, 24)

  • Seus arcos abaterão os jovens; não terão compaixão pelos frutos das entranhas, nem piedade das crianças. (Isaías 13, 18)

  • Retesam a língua, como fazem a seus arcos, para o engodo; e a lealdade não permanece neles. Caminham de crime em crime; já nem me conhecem mais – oráculo do Senhor. (Jeremias 9, 2)

  • armados de arcos e de setas. São cruéis e sem piedade; o barulho que fazem assemelha-se ao rugido do mar. Montados em cavalos alinham-se em ordem de batalha contra ti, filha da Babilônia. (Jeremias 50, 42)

  • porquanto contra a Babilônia se arrojou o devastador. Foram presos os guerreiros e quebrados os seus arcos, porque o Senhor, que é o Deus das contas, não deixará de lhes dar a paga. (Jeremias 51, 56)


“O meu passado, Senhor, à Tua misericórdia. O meu Presente, ao Teu amor. O meu futuro, à Tua Providência.” São Padre Pio de Pietrelcina