1. “Não se perturbe o vosso coração. Credes em Deus, crede também em mim.*

2. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Não fora assim, e eu vos teria dito; pois vou preparar-vos um lugar.*

3. Depois de ir e vos preparar um lugar, voltarei e vos tomarei comigo, para que, onde eu estou, também vós estejais.

4. E vós conheceis o caminho para ir aonde vou.”

5. Disse-lhe Tomé: “Senhor, não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho?”.

6. Jesus lhe respondeu: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.

7. Se me conhecêsseis, também certamente conheceríeis meu Pai; desde agora já o conheceis, pois o tendes visto”.

8. Disse-lhe Filipe: “Senhor, mostra-nos o Pai e isso nos basta”.

9. Respondeu Jesus: “Há tanto tempo que estou convosco e não me conhe­ceste, Filipe! Aquele que me viu viu também o Pai. Como, pois, dizes: Mostra-nos o Pai...

10. Não credes que estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que vos digo não as digo de mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, é que realiza as suas próprias obras.

11. Crede-me: estou no Pai, e o Pai em mim. Crede-o ao menos por causa dessas obras.

12. Em verdade, em verdade vos digo: aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas, porque vou para junto do Pai.

13. E tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, vo-lo farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.

14. Qualquer coisa que me pedirdes, em meu nome, vo-lo farei.

15. Se me amais, guardareis os meus mandamentos.

16. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco.*

17. É o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece, mas vós o conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós.

18. Não vos deixarei órfãos. Voltarei a vós.

19. Ainda um pouco de tempo e o mundo já não me verá. Vós, porém, me tornareis a ver, porque eu vivo e vós vivereis.*

20. Naquele dia, conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim e eu em vós.

21. Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é que me ama. E aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu o amarei e me manifestarei a ele.

22. Pergunta-lhe Judas, não o Iscariotes: ‘Senhor, por que razão hás de mani­festar-te a nós e não ao mundo?’.

23. Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra e meu Pai o amará, e nós viremos a ele e nele faremos nossa morada.

24. Aquele que não me ama não guarda as minhas palavras. A palavra que tendes ouvido não é minha, mas sim do Pai que me enviou.

25. Disse-vos essas coisas enquanto estou convosco.

26. Mas o Paráclito, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, irá ensinar-vos todas as coisas e vos recordará tudo o que vos tenho dito.

27. Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Não vo-la dou como o mundo a dá. Não se perturbe o vosso coração, nem se atemorize!

28. Ouvis­tes o que eu vos disse: Vou e volto a vós. Se me amardes, certamente haveis de alegrar-vos, que vou para junto do Pai, porque o Pai é maior do que eu.

29. E disse-vos agora essas coisas, antes que aconteçam, para que creiais quando acontecerem.

30. Já não falarei muito convosco, porque vem o príncipe deste mundo; mas ele não tem nada em mim.*

31. O mundo, porém, deve saber que amo o Pai e procedo como o Pai me ordenou. Levantai-vos, vamo-nos daqui”.*

Bíblia Ave Maria - Todos os direitos reservados.

14,1. Credes em Deus: poderia-se traduzir também pelo imperativo crede.

14,2. Sentido: “há lugar no céu para cada um de vós”.

14,16. Paráclito: palavra grega muitas vezes traduzida por consolador, mas que significa realmente auxílio, sustentáculo, intercessor. O Espírito Santo cumprirá a mesma missão de Jesus, que foi também de ser: sustentáculo, advogado, intercessor.

14,19. Vós me tornareis a ver: uma outra tradução – vós vereis que eu vivo e que vós vivereis.

14,30. Não tem nada em mim: não tem sobre mim poder algum.

14,31. Levantai-vos: nesse momento, Jesus e seus discípulos saíram do cenáculo e dirigiram-se para o monte das Oliveiras.




Livraria Católica

Conheça esses e outros livros em nossa livraria.



“Não há nada mais inaceitável do que uma mulher caprichosa, frívola e arrogante, especialmente se é casada. Uma esposa cristã deve ser uma mulher de profunda piedade em relação a Deus, um anjo de paz na família, digna e agradável em relação ao próximo.” São Padre Pio de Pietrelcina