6. Tu as aimé toutes les paroles de ruine, * ô langue trompeuse.





“Agradeça sempre ao Pai eterno por sua infinita misericórdia”. São Padre Pio de Pietrelcina