Talált 44 Eredmények: convém

  • Moisés respondeu: “Não convém que seja assim: os sacrifícios que oferecemos ao Senhor, nosso Deus, seriam uma abominação para os egípcios. Se oferecermos, sob os seus olhos, sacrifícios que lhes são abomináveis, não nos apedrejarão eles? (Êxodo 8, 22)

  • Confessa a Deus como convém e louva o rei dos séculos, para que ele reedifique o teu santuário. Reúna em ti os que foram deportados e possas alegrar-te sem fim! (Tobias 13, 12)

  • Então, Amã disse ao rei Assuero: “Há em todas as províncias do teu reino uma nação dispersa e separada das outras. Suas leis são diferentes das dos demais povos e se nega a observar as leis do rei. Não convém aos interesses do rei deixar essa gente em paz. (Ester 3, 8)

  • convém que lhe tragam as vestes com que se adorna o rei, o cavalo que o rei monta e sobre sua cabeça se coloque a coroa real. (Ester 6, 8)

  • Exultai no Senhor, ó justos, pois aos retos convém o louvor.* (Salmos 32, 1)

  • A vós, ó Deus, convém o louvor em Sião, é a vós que todos vêm cumprir os seus votos, (Salmos 64, 2)

  • Salmo. Louvai o Senhor porque ele é bom; cantai ao nosso Deus porque ele é amável, e o louvor lhe convém.* (Salmos 146, 1)

  • Uma linguagem elevada não convém ao néscio, quanto mais, a um nobre, palavras mentirosas. (Provérbios 17, 7)

  • Não convém chamar a atenção do justo e ferir os homens honestos por causa de sua retidão. (Provérbios 17, 26)

  • Não convém ao insensato viver entre delícias, muito menos ainda a um escravo dominar os chefes. (Provérbios 19, 10)

  • Assim como a neve é imprópria no estio e a chuva na ceifa, do mesmo modo não convém ao insensato a consideração. (Provérbios 26, 1)

  • Não é próprio dos reis, Lamuel, não convém aos reis beber vinho, nem aos príncipes dar-se aos licores, (Provérbios 31, 4)


“O amor tudo esquece, tudo perdoa, sem reservas.” São Padre Pio de Pietrelcina