Fundar 18 Resultados para: tribuno

  • Então a coorte, o tribuno e os guardas dos judeus prenderam Jesus e o ataram. (São João 18, 12)




  • Como quisessem matá-lo, o tribuno da coorte foi avisado de que toda a Jerusalém estava amotinada. (Atos dos Apóstolos 21, 31)

  • Ele tomou logo soldados e ofi­ciais e correu aos manifestantes. Estes, ao avistarem o tribuno e os soldados, cessaram de espancar Paulo. (Atos dos Apóstolos 21, 32)

  • Quando estava para ser introduzido na fortaleza, Paulo perguntou ao tribuno: “É-me permitido dizer duas palavras?” Este respondeu: “Sabes o grego! (Atos dos Apóstolos 21, 37)

  • O tribuno lho permitiu. Paulo, em pé nos degraus, acenou ao povo com a mão e se fez um grande silêncio. Falou em língua hebraica do seguinte modo: (Atos dos Apóstolos 21, 40)

  • o tribuno mandou recolhê-lo à cidadela, açoitá-lo e submetê-lo a torturas, para saber por que causa clamavam assim contra ele. (Atos dos Apóstolos 22, 24)

  • Ao ouvir isso, o centurião foi ter com o tribuno e avisou-o: “Que vais fazer? Este homem é cidadão romano”. (Atos dos Apóstolos 22, 26)




  • Veio o tribuno e perguntou-lhe: “Dize-me, és romano?” – “Sim”, res­pondeu-lhe. (Atos dos Apóstolos 22, 27)

  • O tribuno replicou: “Eu adquiri este direito de cidadão por grande soma de dinheiro.” Paulo respondeu: “Pois eu o sou de nascimento. (Atos dos Apóstolos 22, 28)

  • Apartaram-se então dele os que iam torturá-lo. O tribuno alarmou-se porque o mandara acorrentar, sendo ele um cidadão romano. (Atos dos Apóstolos 22, 29)

  • A discussão fazia-se sempre mais violenta. O tribuno temeu que Paulo fosse despedaçado por eles e mandou aos soldados que descessem, que o tirassem do meio deles e o levassem para a cidadela. (Atos dos Apóstolos 23, 10)

  • Vós, pois, ide com o conselho requerer do tribuno que o conduza à vossa presença, como se houvésseis de investigar com mais precisão a sua causa; e nós estamos prontos para matá-lo durante o trajeto”. (Atos dos Apóstolos 23, 15)




“O demônio é forte com quem o teme, mas é fraquíssimo com quem o despreza.” São Padre Pio de Pietrelcina