Encontrados 507 resultados para: outro

  • e deixou sair um corvo, o qual saindo, voava de um lado para outro, até que aparecesse a terra seca. (Gênesis 8, 7)

  • Heber teve dois filhos: um se chamava Faleg, porque no seu tempo a terra foi dividida, e o outro se chamava Jetã. (Gênesis 10, 25)

  • Vamos: desçamos para lhes confundir a linguagem, de sorte que já não se compreendam um ao outro.” (Gênesis 11, 7)

  • Lot escolheu toda a planície do Jordão e foi para o oriente. Foi assim que se separam um do outro. (Gênesis 13, 11)

  • que lhe respondeu: “Tens duas nações no teu ventre; dois povos se dividirão ao sair de tuas entranhas. Um povo vencerá o outro, e o mais velho servirá ao mais novo.” (Gênesis 25, 23)

  • Seus servos cavaram outro poço no vale, e encontraram ali uma fonte de água viva. (Gênesis 26, 19)

  • Partindo em seguida dali, abriu outro poço, sobre o qual não houve mais discussão, e pôs-lhe o nome de Rehobot, “porque agora, disse ele, o Senhor nos pôs ao largo, e prosperaremos na terra.” (Gênesis 26, 22)

  • “E melhor, respondeu Labão, dá-la a ti que a outro: fica comigo.” (Gênesis 29, 19)

  • Concebeu de novo e deu à luz outro filho. “O Senhor, disse ela, vendo que era desdenhada, deu-me ainda este.” E pôs-lhe o nome de Simeão. (Gênesis 29, 33)

  • E chamou-o José, dizendo: “Dê-me o Senhor ainda outro filho!” (Gênesis 30, 24)

  • e também Mitspa, porque Labão disse ainda: “Que o Senhor nos vigie a nós ambos, quando nós nos tivermos despedido um do outro. (Gênesis 31, 49)

  • “Se Esaú, disse ele consigo, atacar um dos grupos e o destruir, ao menos o outro se salvará.” (Gênesis 32, 8)

“Pobres e desafortunadas as almas que se envolvem no turbilhão de preocupações deste mundo. Quanto mais amam o mundo, mais suas paixões crescem, mais queimam de desejos, mais se tornam incapazes de atingir seus objetivos. E vêm, então, as inquietações, as impaciências e terríveis sofrimentos profundos, pois seus corações não palpitam com a caridade e o amor. Rezemos por essas almas desafortunadas e miseráveis, para que Jesus, em Sua infinita misericórdia, possa perdoá-las e conduzi-las a Ele.” São Padre Pio de Pietrelcina