Encontrados 426 resultados para: bom

  • Deus chamou ao elemento árido terra, e ao ajuntamento das águas mar. E Deus viu que isso era bom. (Gênesis 1, 10)




  • A terra pro­duziu plantas, ervas que contêm semente segundo a sua espécie, e árvores que produzem fruto segundo a sua espécie, contendo o fruto a sua semente. E Deus viu que isso era bom. (Gênesis 1, 12)

  • presidissem o dia e a noite, e separassem a luz das trevas. E Deus viu que isso era bom. (Gênesis 1, 18)

  • Deus criou os monstros mari­nhos e toda a multidão de seres vivos que enchem as águas, segundo a sua espécie, e todas as aves segundo a sua espécie. E Deus viu que isso era bom. (Gênesis 1, 21)

  • Deus fez os animais selvagens segundo a sua espécie, os animais domésticos igualmente, e da mesma forma todos os animais, que se arrastam sobre a terra. E Deus viu que isso era bom. (Gênesis 1, 25)

  • Deus contemplou toda a sua obra, e viu que tudo era muito bom. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o sexto dia. (Gênesis 1, 31)

  • O Senhor Deus disse: “Não é bom que o homem esteja só. Vou dar-lhe uma auxiliar que lhe seja adequada”. (Gênesis 2, 18)




  • A mulher, vendo que o fruto da árvore era bom para comer, de agradável aspecto e mui apropriado para abrir a inteligência, tomou dele, comeu, e o apresentou também ao seu marido, que comeu igualmente.* (Gênesis 3, 6)

  • Correu em seguida ao rebanho, escolheu um novilho tenro e bom, e deu-o a um criado que o preparou logo. (Gênesis 18, 7)

  • e lhe prepare um bom prato, a fim de comer e o abençoar diante do Senhor antes de morrer. (Gênesis 27, 7)

  • E direis que seu servo Jacó vos segue”. “Eu o aplacarei – pensou ele – com este presente que me precede; e depois o verei pessoalmente; talvez me fará ele bom acolhimento.” (Gênesis 32, 21)

  • “Oh, suplico-te – replicou Jacó – se ganhei teu favor, aceita este presente de minhas mãos; porque te contemplei como se contempla Deus, e me fizeste bom aco­lhimento.* (Gênesis 33, 10)




“Todas as pessoas que escolhem a melhor parte (viver em Cristo) devem passar pelas dores de Cristo; algumas mais, algumas menos…” São Padre Pio de Pietrelcina