Um remédio poderoso para quem quer se libertar de uma vida pecaminosa

Deus, rico em misericórdia, está pronto para dar um basta naquilo que nos escraviza

Nós nem sempre pensamos assim, mas o pecado realmente nos escraviza, enquanto a virtude nos liberta.

Às vezes, quando queremos fazer o bem e seguir a vontade de Deus, sentimo-nos sobrecarregados e aprisionados pelos nossos pecados. A escravidão pode até chegar ao ponto de causar cegueira espiritual. Nós, literalmente, não conseguimos “ver” que estamos pecando, e não percebemos o dano que estamos causando a nós mesmos e a toda a criação de Deus.

No livro “O Combate Espiritual”, o Padre Lorenzo Scupoli diz:

“Quando o diabo mantém um homem na escravidão do pecado, seu principal cuidado é cegar cada vez mais os olhos e afastar dele tudo aquilo que possa levá-lo ao conhecimento de sua condição mais infeliz.”

O que começa com um pecado pequeno de repente se torna um pecado maior e assim só vai crescendo de proporção. Scupoli explica:

“Da cegueira à cegueira mais profunda, do pecado ao pecado mais impuro, sua vida miserável irá rodopiar até a morte, a menos que Deus, por sua graça, intervenha para salvá-lo”.

Um remédio simples (mas poderoso) para libertar-se desta vida de pecado é voltar-se para Deus de todo o coração.

Scupoli aconselha:

O remédio para quem está nesta condição infeliz é estar pronto para dar atenção diligente aos pensamentos e inspirações que o chamam das trevas para a luz, clamando de todo o coração para o seu Criador.”

O autor, então, sugere a seguinte oração:

“Ó Senhor, ajudai-me; ajudai-me rapidamente; não me deixeis mais na escuridão do pecado.”

A oração deve ser repetida várias vezes, implorando a Deus que a Sua misericórdia seja derramada sobre você. A prece também deve ser acompanhada pelo sacramento da Reconciliação

Pode parecer antipático, mas este tem sido o caminho de muitos santos ao longo dos séculos. Eles conseguiram iniciar o caminho da conversão depois de se voltarem para Deus, caindo diante dele com lágrimas de arrependimento.

Deus deseja um coração contrito e, como o Papa Francisco diz, ele nunca se cansa de perdoar. Uma vez que a contrição toma conta de uma pessoa, a verdadeira mudança acontece.


Livros recomendados

HeregesAs Forças Secretas da RevoluçãoCatena Aurea – Vol. 1 – Evangelho de São Mateus






Comentários no Facebook:

comments

Anteriores

Quando Deus fala através dos animais

Próximo

Três formas de viver – Fulton Sheen

  1. Sebastiao Hilario Lopes

    Eu sou um Ministro dos enfermos, participo da santas missas aos domingos, sou um vicentino visito as familias dos irmão mais socorridas, sou um pecador. Eu cheguei a converçar com o Padre Da minha comunidade. Ele me falou: o Maligno tenta fazerr tudo para nos enganar. quando o cristão tem pouco conhecimento biblíco e catequético , elem ainda não sabe que tal coisa ele faz, a vida que ele vive e de pecado, mas ele ainda não conhece. gora, Um Minisstro um Padre Uma Ministra A Irma tem estudos de conhecimentos . Ele procura viver diferente. Corta o sistema de vida pecaminosa. se ele continua, ele esta ciente que esta pecando.
    Meu Senhor e meu Deus Protegei nossos miunistros nossos padres e Bispos. livrai-nos do Pecado Amem.

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén