Eis o que diz o Senhor: «Respeitai o direito, praticai a justiça, porque a minha salvação está perto e a minha justiça não tardará a manifestar-se.
Feliz o homem que assim procede, o filho do homem que nisto se firma, guardando o sábado, sem o profanar, e abstendo-se de todo o mal.
Não diga o estrangeiro que se converteu ao SENHOR: ‘O SENHOR me excluirá do seu povo.’ E não diga o eunuco: ‘Eu sou apenas um lenho seco.’»
Quanto aos estrangeiros que aderiram ao Senhor para O servirem, para amarem o seu nome e serem seus servos, se guardarem o sábado, sem o profanarem, e forem fiéis à minha aliança,
hei-de conduzi-los ao meu santo monte, hei-de enchê-los de alegria na minha casa de oração. Os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceites no meu altar, porque a minha casa será chamada ‘Casa de oração para todos os povos’».
Assim fala o Senhor Deus, que reúne os dispersos de Israel: «Reunirei ainda outros àqueles que já foram reunidos».





Livros Recomendados

SulcoA Vontade de Poder (Quadrante)A Intercessão e o Culto dos Santos

Apoia-se: Seja um apoiador da Bíblia Católica Online.

Comentários no Facebook:

comments