Como é grande, Senhor, a vossa bondade,
que tendes reservada para os que Vos temem!
À vista dos homens Vós a concedeis
àqueles que em Vós confiam.
Ao abrigo da vossa face Vós os defendeis
das maquinações dos homens;
no vosso tabernáculo Vós os escondeis
das línguas provocadoras.
Bendito seja o Senhor:
como em cidade fortificada,
em mim enalteceu a sua misericórdia.
Eu, porém, dizia na minha ansiedade:
“Estou banido da vossa presença”.
Mas ouvistes a voz da minha súplica,
logo que Vos invoquei.
Amai o Senhor,
vós todos os seus fiéis.
O Senhor defende os que Lhe são fiéis,
mas castiga com rigor os orgulhosos.




Comentários no Facebook:

comments