Naqueles dias, todas as tribos de Israel foram ter com David a Hebron e disseram-lhe: «Nós somos dos teus ossos e da tua carne.
Já antes, quando Saul era o nosso rei, eras tu quem dirigia as entradas e saídas de Israel. E o Senhor disse-te: ‘Tu apascentarás o meu povo de Israel, tu serás rei de Israel’».
Todos os anciãos de Israel foram à presença do rei, a Hebron. O rei David concluiu com eles uma aliança diante do Senhor, e eles ungiram David como rei de Israel.
David tinha trinta anos quando começou a reinar e reinou durante quarenta anos.
Em Hebron foi rei de Judá sete anos e seis meses e em Jerusalém foi rei de Israel e de Judá trinta e três anos.
David marchou com os seus homens sobre Jerusalém, contra os jebuseus, que habitavam na região, e estes disseram-lhe: «Não entrarás aqui! Os coxos e os cegos te hão-de repelir». Queriam dizer: «David não entrará aqui».
Mas ele apoderou-se da fortaleza de Sião, que é a «Cidade de David».
David tornava-se cada vez mais poderoso e o Senhor, Deus do Universo, estava com ele.


Livros recomendados

Nossa Senhora de KibehoSócrates Encontra MaquiavelA Fé de Ratzinger





Comentários no Facebook:

comments