Feliz o homem que teme o Senhor
e ama ardentemente os seus preceitos.
A sua descendência será poderosa sobre a terra,
será abençoada a geração dos justos.
Haverá em sua casa abundância e riqueza,
a sua generosidade permanece para sempre.
Brilha aos homens retos, como luz nas trevas,
o homem misericordioso, compassivo e justo.
Ditoso o homem que se compadece e empresta
e dispõe das suas coisas com justiça.
Este jamais será abalado;
o justo deixará memória eterna.


Livros recomendados

Missal Romano Quotidiano – 1963 (Latim – Português)Reféns do Demônio – Cinco Casos de Possessão e ExorcismoComo Perseverar na Vida Espiritual?





Comentários no Facebook:

comments