A propósito de João Baptista, lemos em Lucas: «Será grande diante do Senhor e trará muitos filhos de Israel ao Senhor seu Deus. Caminhará diante dele com o espírito e o poder de Elias, a fim de preparar para o Senhor um povo com boas disposições» (Lc 1,15s). Para quem preparou ele um povo e diante de que Senhor é grande? Diante daquele que disse que João era «mais do que um profeta» e que «de entre os filhos de mulher, nenhum é maior do que João Baptista» (Mt 11,9.11). Porque João preparou um povo anunciando a vinda do Senhor aos seus companheiros de servidão e pregando-lhes a penitência para que, quando o Senhor chegasse, eles estivessem em estado de receber o seu perdão, de regressar Àquele de quem se tinham afastado pelos seus pecados e as suas transgressões. […] Por isso, ao trazê-los de volta para o Senhor, João preparava para o Senhor um povo com boas disposições, com o espírito e com o poder de Elias. […]

O evangelista João diz-nos: «Houve um homem enviado por Deus; o seu nome era João. Tinha vindo como testemunha, para dar testemunho da luz. Ele não era a luz, mas vinha para dar testemunho da luz» (1,6-8). Esse precursor, João Baptista, que dava testemunho da luz, foi enviado pelo Deus que […] tinha prometido por meio dos profetas enviar o seu mensageiro diante de seu Filho, para Lhe preparar o caminho (Ml 3,1; Mc 1,2), quer dizer, para dar testemunho da luz com o espírito e com o poder de Elias. […] Precisamente porque João é uma testemunha, o Senhor diz que ele é mais do que um profeta. Todos os outros profetas anunciaram a vinda da luz do Pai e desejaram ser julgados dignos de ver Aquele que pregavam. João profetizou como eles, mas viu-O presente, mostrou-O e convenceu muitos a crerem nele, de tal forma que ocupou simultaneamente o lugar de profeta e de apóstolo. Foi por isso que Cristo disse que ele era «mais do que um profeta».


Livros recomendados

Como Provar que Deus ExisteA “Pequena via” para DeusA Virgem Nossa Senhora





Comentários no Facebook:

comments