O homem deve ter uma alma pura, qual espelho bem polido. Quando a ferrugem se instala no espelho, deixamos de poder ver nele o reflexo do nosso rosto. De igual forma, quando há pecado no coração do homem, deixa de lhe ser possível ver Deus. […]

Mas, se quiseres, podes curar-te. Confia-te ao médico; Ele abrirá os olhos da tua alma e do teu coração. Quem é o médico? É Deus, que cura e vivifica pelo Verbo e pela Sabedoria. Foi pelo seu Verbo e pela Sabedoria que Deus criou o universo. «Pelo seu Verbo foram fundados os céus, e pelo seu Espírito os poderes dos céus» (Sl 32,6). A sua Sabedoria é omnipotente: «Pela Sabedoria, Deus fundou a terra e estabeleceu os céus com inteligência» (Pr 3,19). […}

Se isto souberes, ó homem, e se levares uma vida pura, santa e justa, poderás ver a Deus. Se a fé e o temor de Deus tomarem lugar no teu coração, compreendê-lo-ás. Quando tiveres abandonado a condição mortal e revestido a incorruptibilidade, então serás digno de ver a Deus. Porque Deus terá ressuscitado a tua carne, tornada imortal como a tua alma. E então, tornado imortal, verás o Imortal, desde que agora deposites nele a tua fé.





Livros Recomendados

Os Mais Belos Sermões de Hugo de São Vitor (19)Passagem de CalabarComo Preparar-se Bem para Comungar

Apoia-se: Seja um apoiador da Bíblia Católica Online.

Comentários no Facebook:

comments