Bendiz, ó minha alma, o Senhor.
Senhor, meu Deus, como sois grande!
Revestido de esplendor e majestade,
Senhor, meu Deus, como Tu és grande!  
Estás envolto num manto de luz
e estendeste os céus como um véu.
Todos de Vós esperam
que lhes deis de comer a seu tempo.
Dais-lhes o alimento e eles o recolhem,
abris a mão e enchem-se de bens.
Se deles escondes o rosto, ficam perturbados;
se lhes tiras o alento, morrem
e voltam ao pó donde saíram.
Se lhes tirais o alento, morrem
e voltam ao pó donde vieram.
Se mandais o vosso espírito, retomam a vida
e renovais a face da terra.


Livros recomendados

A Conjuração Anticristã – O Templo Maçônico Que Quer Se Erguer Sobre As Ruínas da Igreja Católica1964 — O ELO PERDIDO – O Brasil nos arquivos do serviço secreto comunistaCaminhar com Jesus





Comentários no Facebook:

comments