A noite em que foram mortos os primogénitos do Egipto foi dada previamente a conhecer aos nossos antepassados, para que, sabendo com certeza a que juramentos tinham dado crédito, ficassem cheios de coragem.
Ela foi esperada pelo vosso povo, como salvação dos justos e perdição dos ímpios,
pois da mesma forma que castigastes os adversários, nos cobristes de glória, chamando-nos para Vós.
Por isso os piedosos filhos dos justos ofereciam sacrifícios em segredo e de comum acordo estabeleceram esta lei divina: que os justos seriam solidários nos bens e nos perigos; e começaram a cantar os hinos de seus antepassados.





Livros Recomendados

Os Mais Belos Sermões de Hugo de São Vitor (19)Maranathá: Encontro de Jovens com CristoO Evangelho de São Mateus – Cadernos de Estudo Bíblico

Apoia-se: Seja um apoiador da Bíblia Católica Online.

Comentários no Facebook:

comments