Eis o que diz o Senhor: «Não prejudicarás o estrangeiro, nem o oprimirás, porque vós próprios fostes estrangeiros na terra do Egipto.
Não maltratarás a viúva nem o órfão.
Se lhes fizeres algum mal e eles clamarem por Mim, escutarei o seu clamor;
inflamar-se-á a minha indignação e matar-vos-ei ao fio da espada. As vossas mulheres ficarão viúvas, e órfãos os vossos filhos.
Se emprestares dinheiro a alguém do meu povo, ao pobre que vive junto de ti, não procederás com ele como um usurário, sobrecarregando-o com juros.
Se receberes como penhor a capa do teu próximo, terás de lha devolver até ao pôr do sol,
pois é tudo o que ele tem para se cobrir, é o vestuário com que cobre o seu corpo. Com que dormiria ele? Se ele Me invocar, escutá-lo-ei, porque sou misericordioso».


Livros recomendados

A Minha IgrejaHitler e o DesarmamentoA Virgem Maria: 58 Catequeses do Papa João Paulo II sobre Nossa Senhora





Comentários no Facebook:

comments