Naquele tempo, disse Jesus: «As minhas ovelhas escutam a minha voz. Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-Me.
Eu dou-lhes a vida eterna e nunca hão-de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.
Meu Pai, que Mas deu, é maior do que todos, e ninguém pode arrebatar nada da mão do Pai.
Eu e o Pai somos um só».


Livros recomendados

Como Defender a Fé Sem Levantar a VozFé, Verdade, Tolerância: O Cristianismo e as Grandes Religiões do Mundo1964 — O ELO PERDIDO – O Brasil nos arquivos do serviço secreto comunista





Comentários no Facebook:

comments