É bom louvar o Senhor
e cantar salmos ao vosso nome, ó Altíssimo,
proclamar pela manhã a vossa bondade
e durante a noite a vossa fidelidade.
O justo florescerá como a palmeira,
crescerá como o cedro do Líbano;
plantado na casa do Senhor,
florescerá nos átrios do nosso Deus.
Mesmo na velhice dará o seu fruto,
cheio de seiva e de vigor,
para proclamar que o Senhor é justo:
n’Ele, que é o meu refúgio, não há iniquidade.


Livros recomendados

O Processo de Kravchenko – O Comunismo no Banco dos RéusO Catecismo da Igreja Responde de A a ZUm Esboço da Sanidade – Pequeno Manual do Distributismo





Comentários no Facebook:

comments