Moisés talhou, pois, duas tábuas de pedra iguais às primeiras. No dia seguinte de manhã subiu o monte Sinai, como o Senhor lhe tinha ordenado, e levava na mão as duas tábuas de pedra.
O Senhor desceu na nuvem, ficou junto de Moisés, que invocou o nome do Senhor.
Moisés invocou o nome do Senhor.
O Senhor passou diante de Moisés e proclamou: «O Senhor, o Senhor é um Deus clemente e compassivo, sem pressa para Se indignar e cheio de misericórdia e fidelidade».
Moisés caiu de joelhos e prostrou-se em adoração.
Depois disse: «Se encontrei, Senhor, aceitação a vossos olhos, digne-Se o Senhor caminhar no meio de nós. É certo que se trata de um povo de dura cerviz, mas Vós perdoareis os nossos pecados e iniquidades e fareis de nós a vossa herança».





Livros Recomendados

O Sacrifício da Palavra – A Liturgia da Missa Segundo Bento XVIO Milagre da IgrejaJesus Cristo, Mestre e Rei das Nações

Apoia-se: Seja um apoiador da Bíblia Católica Online.

Comentários no Facebook:

comments