DENVER, 02 Mar. 18 / 12:00 pm (ACI).- O ator Jim Caviezel revelou que a oração do terço o ajudou a interpretar o personagem de São Lucas no novo filme “Paulo, Apóstolo de Cristo”, que será lançado em 23 de março.

Em declarações à CNA – agência em inglês do Grupo ACI –, Caviezel recordou que o evangelista São Lucas “menciona a Virgem Maria mais do que qualquer outro escritor” e, por isso, usou o terço “para se concentrar, para rezar”.

O personagem de Caviezel, São Lucas, arrisca a sua vida para visitar o Apostolo São Paulo, que está preso e esperando a sua sentença de morte, e os cristãos em Roma estavam sendo perseguidos por Nero.

Nesse sentido, Caviezel – que também interpretou Jesus de Nazaré no filme de Mel Gibson “A Paixão do Cristo” – disse à CNA que ficou impressionado com a figura de São Paulo na fase final de sua vida, porque é “um idoso cansado que está na prisão esperando a sua execução. Como esse homem pode ser uma luz para o mundo?”.

“Mas, muitas vezes, é através das nossas lutas, provações e tragédias que vem a vitória”, expressou o ator que se declara católico.

Por outro lado, Jim Caviezel explicou que o longa-metragem também destaca temas como a conversão e o perdão.

“A grande controvérsia deste filme é perdoar a qualquer custo e isso não significa fraqueza ou aceitação do mal. Isso significa encontrar o mal cara a cara… isso é algo difícil”, indicou.

“Alguns dos diálogos mais importantes se centram em torno da verdadeira coragem. A coragem é um amor ardente. O amor provoca uma mudança ao acender uma paixão em cada um de nós”, continuou.

Veja tambem  Católicos podem manifestar-se contra o desrespeito à fé realizado na parada gay em São Paulo

O ator contou que vai “à Missa todos os dias e a Eucaristia é Cristo em mim. Tudo o que eu faço sempre é com a ajuda do céu. Isso marca o meu caminho e me guia. Foi assim que consegui o meu talento. É o que eu devolvo a Deus pelo que Ele me deu… Ele simplesmente multiplica e abençoa de uma forma que eu nunca pensei que fosse possível”.

Além disso, afirmou que tem “uma grande devoção ao padroeiro dos atores, São Genésio”.

O ator que interpreta São Paulo, James Faulkner – que atuou nas séries “Game of Thrones” e “Downton Abbey” – disse à CNA: “Estou feliz em admitir que Jim é mais devoto ao cristianismo do que eu e que me nutri da sua fé sempre que foi possível”.

Faulkner, que foi criado na Igreja da Inglaterra, comentou que mudou depois de “ler e reler as cartas de Paulo” enquanto se preparava para interpretar o santo no filme.

“Sou mais humilde? Sim. Tenho mais amor pelo meu próximo? Sim. Há uma possibilidade de redenção para mim? Sim, há”, refletiu.

Também assinalou que, ao contrário da sua participação em “Game of Thrones”, na filmagem de “Paulo, Apóstolo de Cristo” – escrito e dirigido por Andrew Hyatt –, viveu “uma experiência extraordinária ao estar em um ambiente mais simples, me senti totalmente apoiado e amado por todos aqueles que estão ao meu redor”.

Um filme dedicado aos cristãos perseguidos

Eric Groth, produtor executivo do filme, afirmou que o filme é dedicado aos cristãos perseguidos no mundo.

“Estávamos escrevendo o roteiro durante a época intensa do Estado Islâmico (ISIS) e dos problemas na Síria e no Oriente Médio”, disse à CNA.

Veja tambem  Cultura católica deve influenciar indústrias de formação cultural

Groth acrescentou que para orientar os atores do filme, a sua equipe de trabalho refletiu sobre “os mártires que entregaram suas vidas ao longo dos séculos”.


Livros recomendados

A Alegria do MundoEscola da Fé III: O Sagrado MagistérioA Fé Explicada





Comentários no Facebook:

comments