Grã-Bretanha: cristãos cobram de ateus prova de que Deus não existe

Após a campanha em meios de transporte: «provavelmente Deus não existe»

LONDRES, sexta-feira, 9 de janeiro de 2009 (ZENIT.org).- Uma organização britânica cristã protestou nesta quinta-feira perante a autoridade que regulamenta a publicidade após o lançamento nos meios de transporte públicos do Reino Unido de uma campanha atéia que proclama «provavelmente Deus não existe» e pediu provas que confirmem tal afirmação.

A campanha atéia, exposta em 800 ônibus do país, assim como no Metrô de Londres, foi lançada ao início de janeiro com o apoio da Associação Humanista Britânica (BHA) e foi financiada por mais de 140 mil libras (cerca de 150 mil euros).

O slogan completo da campanha, que também deverá ser promovido em menor escala na Espanha, é «Provavelmente Deus não existe. Deixa de te preocupar e desfruta a vida».

Stephen Green, diretor nacional da associaçãoChristian voice, apresentou uma denúncia à Advertising Standards Authority (ASA), argumentando que a campanha viola o código da publicidade por ser enganosa, dado que carece de fundamento.

Segundo seu regulamento, a ASA estabelece que «a publicidade não pode desorientar os consumidores. Isto significa que os anunciantes devem ter provas que demonstrem o que anunciam sobre seus produtos ou serviços antes de que apareça o anúncio».

Segundo Green, esta publicidade viola o código publicitário, «a não ser que os anunciantes demonstrem que provavelmente Deus não existe».

Segundo o denunciante, os promotores da campanha não podem desculpar-se dizendo que se trata de uma «questão de opinião», «pois nenhuma pessoa ou entidade firma a declaração. Apresenta-se como uma declaração de fato e isto significa que deve ser capaz de ser provada, do contrário se rompem as normas».

Veja tambem  Milagre na estrada: a oração nos salvou

Um porta-voz da ASA declarou que a autoridade aceitou a denúncia.

«Nós a avaliaremos nos próximos dias e, a partir desta avaliação, decidiremos se é necessário contatar o anunciante», afirmou.





Livros Recomendados

Jerusalém e São Paulo: A Nova Ortodoxia Judaica em CenaPerguntas e Respostas Concisas e Familiares às Objeções Mais Vulgares Contra a ReligiãoO Milagre da Igreja

Apoia-se: Seja um apoiador da Bíblia Católica Online.

Comentários no Facebook:

comments

Anteriores

«Humanae Vitae»: profecia científica

Próximo

Papa explica importância do Batismo das crianças

  1. Rubens

    Nós Catolicos devemos sempre estar defendendo nossa fé e nossas crenças. Uma campanha publicitária que sugere que Deus não existe é exatamente uma obra do inimigo de Deus, "uma força ativa, um ser espiritual vivo que é pervertido e que perverte os outros. É uma realidade terrível, misteriosa e amedontradora" (Papa Paulo VI).
    Primeiro este ser maléfico consegue propagar a idéia de que ele não existe, que não passa da personificação ou uma explicação para o comportamento humano, o que não passa de mentira. Esta foi sua tentativa até o momento.
    Vendo ele que a sociedade já está desacreditada em sua existência, tornando as pessoas que acreditam no mau como um ser vivo superticiosas ou antiquadas, procura desacreditar o Criador do Céu e da Terra.
    O amor de Deus, sua capacidade de Criação, a doação de Seu Filho único pelos nossos pecados, a capacidade de perdão que conferiu a Santa Igreja Católica Apostolica Romana e seus todos os Sacramentos, especialmente a Comunhão Eucarística, são os maiores exemplos de que Deus Existe.
    Além disto, uma pessoa não pode realmente acreditar que por acreditar que Deus existe não devemos ter felicidade e alegria… O Senhor nos fez para sermos livres e alegres, sem estarmos presos sob uma falsa alegria de que a bebida, as drogas, o sexo frágil, a possibilidade de fazer um aborto são demonstrações de alegria e liberdade.
    Ser livre é amar aos irmão e não fugir de suas resposabilidades. É ter a capacidade de querer, cada vez mais, curtir a vida e todos os momentos, em sua totalidade, não apenas desfrutando de praseres momentâneos.
    É uma benção que a assoiação citada na matéria esteja lutadando para retirar os comerciais, contudo nós devemos dar o exemplo, falando, divulgando e principalmente demonstrando que Deus existe, através de nossos atos, no trabalho, na escola, na cidade, no bairro, isto é sendo verdadeiramente filhos de Deus, e pelos frutos (que somos nós) todos reconhecerão: DEUS EXISTE, ENTÃO REALMENTE DESFRUTE A VIDA QUE ELE PREPAROU PARA VOCÊ!
    A Paz de Jesus e o amor de Maria para todos,
    Prof. Rubens

  2. REMIDIO PEREIRA

    sempre que ouvirmos dizer que DEUS não existe, ou o diabo também,podemos ter certeza que tais noticias sempre vem desses países que realmente não acreditam em DEUS ! pois estão somente fazendo o que o pai deles os ensinou :roubar,matar e destruir !

  3. Se esses malucos ganhassem abriririam o precedente para que na próxima campanha de catequização os cristãos fossem processados por não terem prova de que Deus existe. Aliás, discursos em púlpitos não seriam uma prova de propaganda?

  4. valdelice

    Como seria bom se toda humanidade acreditasse que Deus existe!
    Melhor ainda seria se a humanidade cumprice os seus mandamentos.
    Ai sim, viveríamos no paraiso.

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén